João Pessoa
Feed de Notícias

Doações ajudaram a salvar a vida de 1.890 bebês prematuros na Paraíba, em seis meses

quinta-feira, 1 de outubro de 2009 - 15:32 - Fotos: 
Na Paraíba, de janeiro a julho deste ano, as mães doadoras de leite humano ajudaram a salvar as vidas de 1.890 bebês paraibanos, internados em unidades de terapia intensiva neonatais, em todo o Estado. Neste período, cerca de 300 mulheres doaram quase 2 mil litros de leite aos bancos e postos de coleta que funcionam nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Cajazeiras, Guarabira e Santa Rita. Nesta quinta-feira (1º), ‘Dia Nacional de Doação de Leite Humano’, o Banco de Leite Humano Anita Cabral, mantido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) na Capital, mobilizou a sociedade para garantir o estoque e aumentar o número de bebês beneficiados.

A mobilização teve início às 6h30, com a distribuição de panfletos no Busto de Tamandaré, que contou com a participação do secretário de Estado da Saúde, José Maria de França; da equipe da Gerência de Ações Programáticas e Estratégicas da SES; profissionais dos bancos de leite do Estado, Banda de Música da Polícia Militar e mães doadoras. Uma delas é a fisioterapeuta Elaine Pimenta, 29 anos, que se tornou doadora quando a filha Ludmila, de três meses, tinha apenas um mês de vida. Por semana, ela doa, em média, cinco frascos de leite coletados por uma funcionária do Anita Cabral, que vai até a sua casa. “Quanto mais eu tiro leite, mais tenho. Me sinto gratificada por Deus por ter tanto leite e saber que estou ajudando outras crianças”, disse.

A estudante Lenilde Roxo da Silva, 27 anos, também faz parte do grupo de mães doadoras. Ela amamenta, exclusivamente no peito, a filha Emanuelly Silva, de 3 meses, e ainda tem leite suficiente para fazer uma doação a cada 15 dias. “Recentemente, perdi uma prima, que morreu após o parto e o bebê dela está sendo alimentado com leite artificial, porque na cidade onde eles moram, no Maranhão, não existe banco de leite. Toda vez que vou doar, lembro dele”, disse.

Parceiros – O Estado possui cinco bancos de leite em João Pessoa, Campina Grande, Patos e Cajazeiras, além de 12 postos de coleta, todos sob a coordenação do Banco de Leite Humano Anita Cabral, que fica em João Pessoa. Eles contam com a ajuda de parceiros que ajudam a mobilizar a sociedade, com palestras, distribuição de panfletos, visitas domiciliares e coleta de frascos para armazenar o leite doado. Escolas, empresas, hotéis, unidades de saúde e o Corpo de Bombeiros se tornaram aliados deste trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado.

Segundo Socorro Amaro, diretora do Banco de Leite Humano Anita Cabral, em janeiro do próximo ano começa o Projeto Aleitamento Materno nas Clínicas Particulares. “Queremos envolver mais segmentos da sociedade nesse trabalho, para que possamos ter cada vez mais doadoras e, dessa forma, ajudar mais bebês prematuros. E, hoje, Dia Nacional de Doação de Leite Humano, preparamos uma programação especial, para reforçar a importância da doação. O

 
secretário José Maria de França esteve aqui e, mais uma vez, reafirmou o seu compromisso com os bancos de leite. Ele fez questão de dizer que o aleitamento materno é prioridade nessa gestão, para ajudar a reduzir os índices de mortalidade infantil”, disse Socorro.   

Os bancos de leite dão prioridade aos bebês internados em UTIs neonatais com até 28 dias de vida. Mas, segundo Socorro, a meta da rede paraibana de bancos de leite humano é abastecer também as UTIs infantis, que internam bebês com mais de um mês de vida, impossibilitados de mamarem nos seios de suas mães.

Onde doar na PB

Banco de Leite Anita Cabral, em JP – (83) 3215-6020/6047
Banco de Leite da Maternidade Cândida Vargas, em JP – (83) 3015-1555/1500
Banco de Leite do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), em CG – (83) 3310-6356/6388
Banco de Leite de Patos – (83) 3421-3751/3423-2363
Banco de Leite de Cajazeiras – (83) 3531-1507/1509

Postos de coleta

Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa – (83) 3216-7098
Hospital Edson Ramalho, em João Pessoa – (83) 3218-7992
Hospital Flávio Ribeiro, em Santa Rita – (83) 3229-1793
Hospital Regional de Guarabira – (83) 3271-4034/4933
Hospital da Unimed, em João Pessoa – (83) 2106-0393
Maternidade Frei Damião, em João Pessoa – (83) 3215-6015
Hospital da Clipsi, em Campina Grande – (83) 2102-3100
Instituto Cândida Vargas, em João Pessoa – (83) 3015-1521
Fábrica Demillus, em Santa Rita – (83) 3229-2556/3348
Hospital da FAP, em Campina Grande – (83) 2102-0300
Hospital da Guarnição, em João Pessoa – (83) 2106-1717/3225-1007
Posto de Coleta de Galante – (83) 3317-1018

Assessoria de Imprensa da SES-PB, com fotos de Fabiana Veloso