Fale Conosco

27 de outubro de 2011

Disque Denúncia da Polícia Civil passa a funcionar 24 horas



O aumento no número de denúncias anônimas pelo Disque Denúncia (197) fez com que a Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds) ampliasse o horário de atendimento do serviço, que, a partir da próxima segunda-feira (31), vai funcionar por 24 horas.

A expectativa é que o número de denúncias aumente ainda mais. “A população tem colaborado com a polícia e confiado na eficiência do Disque Denúncia. Só este ano, cerca de 80 prisões foram realizadas com base nas informações repassadas de forma sigilosa pela população. Por isso, vamos ampliar o atendimento”, afirmou o secretário Cláudio Lima.

Segundo o gerente operacional do 197, João Micena, de janeiro até 26 de outubro deste ano foram registradas 2.120 denúncias.

O número é o dobro do total de registros durante todo o ano de 2010 (1.060). Setembro foi o mês com maior número de denúncias, totalizando 512. “Essa medida visa adequar o funcionamento do Disque Denúncia, atendendo às necessidades da população em todo o Estado e contribuindo para o aumento das prisões e a redução da criminalidade. A ampliação do atendimento vai permitir, ainda, um trabalho direto com as delegacias especializadas que funcionam 24 horas”, explicou João Micena.

A ligação para o 197 é gratuita e pode ser feita de celular ou telefone convencional, de qualquer lugar do Estado. O denunciante não precisa se identificar. Os crimes mais denunciados pela população são o tráfico de drogas e homicídios. O tráfico de entorpecentes concentra 58% do total de denúncias, enquanto os homicídios representam 17%, em todo o Estado. Roubos e furtos somam 7%; jogos de azar 3%; foragidos 3%; outros crimes 12%.