João Pessoa
Feed de Notícias

Diretora da Agevisa/PB ressalta papel educativo da Vigilância Sanitária durante evento em Nova Palmeira

sexta-feira, 30 de maio de 2014 - 19:05 - Fotos: 

A inobservância às boas práticas de armazenamento e manipulação de alimentos, nos termos determinados pela legislação sanitária, pode não somente causar danos à saúde dos consumidores, mas também prejudicar a própria atividade empresarial/comercial dos responsáveis pelos danos causados à população”, afirmou a diretora geral da Agência Estadual de Vigilância Sanitária, engenheira de Alimentos Glaciane Mendes, durante palestra para comerciantes do município de Nova Palmeira e cidades circunvizinhas.

Durante evento realizado no Plenário da Câmara de Vereadores do município, na tarde de quarta-feira (28), Glaciane falou sobre a importância dos cuidados que devem ser observados nos processos de armazenamento e manipulação dos alimentos e afirmou que, mesmo dispondo de poder de Polícia para interditar estabelecimentos que exponham a população a riscos sanitários, o Governo do Estado, por meio da Agevisa, prioriza o caráter educativo da Vigilância Sanitária, dentro do importante conceito de Segurança Alimentar.

Não é nossa intenção impedir o funcionamento de atividades comerciais, empresariais e de serviços por meio de processos de interdição motivados por irregularidades sanitárias. Nossa prioridade é trabalhar para reduzir ao máximo esses tipos de ocorrência. Por isso investimos em ações educativas; na disponibilidade de informações que permitam ao setor regulado atuar de forma eficiente e de acordo com as normas sanitárias vigentes, garantindo, por consequência, uma maior proteção à saúde das pessoas”, enfatizou.

Durante entrevista, Glaciane Mendes disse que o objetivo central do Governo na área de atuação da Agevisa/PB (a vigilância sanitária) é a promoção, a prevenção e o fortalecimento da saúde da população paraibana e das pessoas que visitam a Paraíba. “Daí o nosso empenho no sentido de ampliar cada vez mais o alcance e os efeitos das informações sobre os procedimentos que devem ser observados em todos os serviços voltados para o consumo humano. Foi esse o sentido da palestra que no município de Nova Palmeira”, observou.

A cidade de Nova Palmeira localiza-se na Mesorregião da Borborema (Microrregião do Seridó Oriental), a 243.20 km da Capital João Pessoa.