Fale Conosco

3 de outubro de 2012

Diário Oficial publica Medida Provisória criando 3.180 cargos técnicos



O Governo do Estado publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (3) a Medida Provisória nº 200, que dispõe sobre a criação de provimento efetivo de 3.180 cargos de Técnico Administrativo, por meio de concurso público. A MP foi assinada pelo governador Ricardo Coutinho, nesta terça-feira (2), oportunidade em que anunciou a abertura de concurso público com 5.379 vagas contemplando as áreas de Educação, Detran e Codata.

As atribuições do técnico administrativo são, especialmente, realizar atividades de nível intermediário que envolvam o suporte técnico e administrativo das unidades organizacionais do Poder Executivo Estadual, com atuação nas áreas de controle processual, documentação, informação, gestão de pessoas, material, patrimônio, orçamento e finanças, compreendendo o levantamento de dados, a elaboração de relatórios estatísticos, planos, programas e projetos.

Ainda na Medida Provisória foram fundidos os cargos de Orientador Educacional e Supervisor Educacional, transformando-se no cargo de Pedagogo, com o quantitativo de 500 cargos, preservando-se inalteradas a remuneração e a vinculação ao Grupo Ocupacional Magistério.

Vagas – Para o Governo, o concurso é uma conquista para consolidar o processo de modernização do Estado. O Departamento de Trânsito do Estado da Paraíba (Detran-PB) oferecerá 108 vagas, sendo 10 para Analista de sistema; 60 para agente de trânsito; 30 para agente de vistoria e oito para  advogados.

A Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata) oferecerá mais 91 vagas, sendo 55 para analista de informática; 14 para assistente de informática; três para auxiliar de informática; quatro para técnico de administração e finanças e 10 para auxiliar de administração e finanças. Na Codata, o último concurso aconteceu há 14 anos.

A secretária de Estado da Administração, Livânia Farias, informou que ainda no mês de outubro o Estado vai divulgar o edital do concurso para preenchimento de duas mil vagas na Educação e, em seguida, divulgará os editais para as demais vagas na administração direta e indireta.

A secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena, explicou que as vagas para professor do ensino médio vão complementar o primeiro concurso, que aconteceu no primeiro semestre deste ano, quando foram convocados 1.123 professores que estão em sala de aula.

10 mil concursados – Para o procurador geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro Filho, o Governo do Estado dá um exemplo importante de organização e investimento em uma nova cultura de ingresso de servidores na administração como preconiza a Lei. Ele ressaltou ainda que a realização de concursos vai resultar na contratação de quase 10 mil concursados. “Essa mudança de realidade significa uma conquista do Estado, do Ministério Público e da população, que terá a oportunidade de ingressar no serviço público de forma legal e impessoal”, finalizou.