João Pessoa
Feed de Notícias

Dia Nacional de Combate ao Fumo é lembrado com atividades na Paraíba

terça-feira, 28 de agosto de 2012 - 08:24 - Fotos:  Vanivaldo Ferreira/Secom-PB

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) preparou uma programação especial para o Dia Nacional de Combate ao Fumo que será lembrado nesta quarta-feira (29). As atividades serão realizadas das 9h às 12h, no Shopping Tambiá, no Centro da Capital.

Entre as ações que serão desenvolvidas em parceria com Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) com as Faculdades Facene, Famene e Associação Médica da Paraíba estão a verificação da pressão arterial, teste de Fargestrom (que mede o grau de nicotina do organismo), teste de glicemia, teste do espirômetro (que mede a capacidade do oxigênio no organismo), exposição de peças anatômicas, distribuição de material educativo/informativo e orientação psicológica.

De acordo com a chefe do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis da SES, Gerlane Carvalho, além da programação que será realizada no Shopping Tambiá, a Escola Estadual Cônego Nicodemos Neves, localizada no conjunto Funcionários I, em João Pessoa, vai realizar uma caminhada a partir das 07h30. Estudantes, professores e a direção da unidade de ensino vão apresentar cartazes alusivos à data e distribuir material educativo com a população do bairro.

Com relação à programação que será desenvolvida no interior do Estado, Gerlane Carvalho disse que foram enviados material educativo a todas as Gerências Regionais de Saúde, que repassaram as informações aos municípios para que realizem o evento de acordo com as necessidades de cada um.

Para intensificar o atendimento as fumantes na Paraíba e ajudar aqueles que desejam abandonar o vício, Gerlane Carvalho explicou que periodicamente são realizadas capacitações para médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas que trabalham nos Centros de Referência no Tratamento do Tabagismo de todo Estado.  “Com isso, o Governo do Estado garante a qualificação dos profissionais e, consequentemente, contribui para a melhoria do atendimento ao fumante”, disse Gerlane Carvalho.

Na Paraíba, são 37 municípios com o serviço, que funciona dentro das unidades de saúde (Alagoinha, Areia, Aroeiras, Bananeiras, Bayeux, Belém, Bonito de Santa Fé, Caaporã, Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Caturité, Cuité, Esperança, Guarabira, Itabaiana, João Pessoa, Juru, Lagoa Seca, Lucena, Monteiro, Patos, Pedras de Fogo, Piancó, Pocinhos, Pombal, Princesa Isabel, Queimadas, Remígio, Santa Luzia, Solânea, Soledade, Sumé, Sousa, Taperoá e Tavares) e sete que serão instalados (Alhandra, Barra de Santana, Lastro, São Bento, Santa Rita, Sapé e Sobrado).

Todos esses Centros são de responsabilidade das prefeituras e entre as funções do Governo do Estado está capacitar, monitorar e repassar medicamentos.

Dados – De acordo com o Inca, na Paraíba há 511.480 fumantes e mais de 99 mil deles (19,49% do total) estão em João Pessoa. Em todo o Estado, mais de 2,5 mil pessoas morrem por ano em decorrência do uso do cigarro. O tabagismo é um dos fatores de risco mais fortes para o aparecimento de câncer na população paraibana – a segunda causa de morte. De acordo com dados da SES, do período de 2001 até agora, o câncer foi responsável por mais de 25.200 mortes na Paraíba.

O tratamento para parar de fumar é totalmente gratuito pelo SUS e nem todos os fumantes precisam fazer uso de medicamentos para acabar com o vício. “Alguns param de fumar só com acompanhamento psicológico. Depende do grau de dependência da nicotina, que é avaliado pelo médico. Os pacientes que têm um grau de dependência maior precisam da medicação”, esclarece Gerlane Carvalho.

Os hospitais de referência no Estado no combate aos tipos de câncer relacionados ao uso do tabaco – pulmão, esôfago e laringe – são o Napoleão Laureano, Oncoclínica e Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, e Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (Fap) e Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), em Campina Grande.