João Pessoa
Feed de Notícias

Dia do Pau-brasil é comemorado com atividades no Jardim Botânico

segunda-feira, 2 de maio de 2011 - 15:55 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

Jardim Botânico: uma das belezas naturais de João Pessoa. Foto: Walter Rafael/Secom-PB

O Jardim Botânico de João Pessoa programou uma atividade especial em comemoração ao Dia do Pau-brasil, nesta terça-feira (3), a partir das 8h30. Um grupo de idosos da cidade de Cabedelo, previamente agendado, vai participar de palestra, trilha pelo bosque de pau-brasil, visita ao viveiro de mudas e uma oficina de reciclagem de papel. As atividades terão o apoio de uma equipe da Coordenadoria de Educação Ambiental da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema).

A comemoração alusiva à data surgiu em 3 de maio de 1978, através da Lei 6.607, quando o pau-brasil (Caesalpina echinata) foi declarado oficialmente como árvore símbolo nacional. A espécie, que já foi considerada extinta, é um marco na história do País. Entre os séculos XVI e XVIII foram cortadas oficialmente no Brasil quase 500 mil árvores, com 15 metros de comprimento. Dentre os europeus envolvidos com o comércio do pau-brasil, os holandeses foram os que mais se destacaram nessa atividade, tanto pela extração de corantes como pela utilização deles nas fábricas. O pau-brasil não foi importante apenas no início da colonização, mesmo depois da cana-de-açúcar, ele continuou sendo uma fonte de corante vermelho, fundamental para a indústria têxtil.

A madeira do pau-brasil pode ser talvez a mais valiosa do mundo e é considerada incorruptível, por não apodrecer e não ser atacada por insetos. Seu uso, dada a escassez e a proteção, restringe-se ao fabrico de arcos de violinos, móveis finos, canetas e jóias. No século XX a sociedade brasileira descobriu o pau-brasil como um símbolo em perigo de extinção e algumas iniciativas foram feitas no sentido de reproduzir a planta a partir de sementes e utilizá-la em projetos de recuperação florestal.