João Pessoa
Feed de Notícias

Dia de Campo sobre palma reunirá agricultores familiares em Itaporanga

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 - 11:14 - Fotos: 

De acordo com a coordenadora regional da Emater em Itaporanga, Maria de Lourdes Pereira Alves, o evento está de acordo com o Programa Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (PNATER) e principalmente com as ações da Emater a partir de metodologias participativas e contextualizadas que estimulam a construção de tecnologias de convivência com o semi-árido, especialmente aquelas destinadas à pecuária leiteira, um dos maiores potenciais na região.     

O assessor regional, Elton José Cunha, acrescenta que com a realização desse dia de campo, a Emater espera contribuir com o aumento da produção e produtividade de leite na região.  

Em Princesa Isabel

Com o objetivo de mostrar aos agropecuaristas como utilizar a palma e combater a Cochonilha do Carmim, por meio do controle natural que preserva o meio ambiente, a Emater-PB realizou no dia, 27 de novembro, na comunidade de Timbaúba, município de Princesa Isabel, um Dia de Campo sobre essa cultura.

O encontro reuniu mais de cem pessoas que puderam ver de perto a implantação de uma Unidade Demonstrativa de Palma Forrageira, Miúda e Doce. Esta variedade é reconhecida como resistente à praga da Cochonilha do Carmim.

Além de produtores rurais, o evento contou com a participação do diretor Técnico da Emater, Waltemir Cartaxo, dos prefeitos de Princesa Isabel e de Tabira/PE, dos secretários de agricultura, vereadores, presidentes de sindicatos, presidentes de conselhos, presidentes de associações da região.

O proprietário José Bernardino destacou o trabalho da Emater com essa atividade e disse acreditar no controle da Cochonilha do Carmim. Para Cartaxo, este evento faz parte de uma programação que a Emater desenvolve em todo o Estado, objetivando cumprir com sua missão enquanto órgão de assistência técnica. “Ações como esta possibilitam a Emater compartilhar com o produtor experiências que vão fortalecer sua produção, gerando dessa maneira renda e divisas econômicas e sociais a partir da agricultura familiar”, afirmou.
 

Da Assessoria de Imprensa da Emater- PB