João Pessoa
Feed de Notícias

Dia das Crianças é comemorado na penitenciária de Santa Rita

sexta-feira, 5 de outubro de 2012 - 11:45 - Fotos:  José Lins/Secom-PB

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) está promovendo nesta sexta-feira (5), durante todo o dia, a festa do Dia das Crianças para cerca de 300 filhos de apenados da Penitenciária Padrão de Santa Rita. O evento é realizado há vários anos. A festa é destinada aos familiares de presos, mas está aberta para toda a comunidade. Acompanhada das mães, a criançada participa de brincadeiras, distribuição de brindes e recebe lanche.

A atividade faz parte do programa Cidadania é Liberdade, que desenvolve ações nas áreas de saúde, trabalho, educação, cultura e família. O programa tem a coordenação da Gerência de Ressocialização da Seap e conta com o apoio do secretário titular, coronel Washington França.

A diretora da Penitenciária Padrão de Santa Rita, Edna Veloso, é agente penitenciária e dirige a unidade prisional há cerca de dez anos. “Sempre realizamos essas ações sociais na Semana da Criança, nos festejos juninos, no Natal, por exemplo, e para mim e para a equipe é um momento importante no processo de humanização”, destacou.

O Presídio Padrão de Santa Rita tem hoje 250 detentos em regime fechado. De acordo com a diretora, os programas de ressocialização são aplicados com êxito na unidade. Este ano, 20 detentos fizeram o supletivo e o ensino fundamental e médio nas salas de aula da penitenciária está funcionamento plenamente. A construção da unidade foi concluída em 2003 e inclui sala de aula e biblioteca.

Na área de saúde, oito profissionais (dentistas, médicos, enfermeiras, psicólogos) atuam no presídio, além de assistentes sociais. “Os apenados aqui são muito bem assistidos, tanto socialmente como na área jurídica”, disse Edna Veloso.

A gerente executiva de Ressocialização da Secretaria de Administração Penitenciária, Ziza Maia, representou o secretário Washington França no evento e avaliou a importância da inserção da família nos projetos de ressocialização dos privados de liberdade. “A participação da família nesse processo que a gente já desenvolve dentro das atividades através da educação, dos cursos profissionalizantes, é extremamente importante”, afirmou.

Ziza Maia informou que atualmente estão sendo ministrados diversos cursos profissionalizantes por meio de parcerias com o Senac e o Senai. Mais de 1.400 apenados estão estudando hoje dentro do sistema prisional e muitos deles vão fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontecerá dias 4 e 5 de dezembro.