João Pessoa
Feed de Notícias

Dia da Mata Atlântica é lembrado nesta sexta-feira pelo Jardim Botânico

quinta-feira, 26 de maio de 2011 - 18:27 - Fotos: 

O Jardim Botânico de João Pessoa vai promover atividades alusivas ao Dia da Mata Atlântica, nesta sexta-feira (27), com um grupo pré-agendado de idosos da cidade, envolvendo palestras, trilhas e uma visita ao viveiro de mudas de árvores do bioma. O 27 de maio foi instituído Dia da Mata Atlântica através de decreto presidencial

O Jardim Botânico de João Pessoa, que está localizado no maior remanescente de Mata Atlântica em perímetro urbano do País – aproximadamente 330 hectares –, realiza diversas atividades que promovem a conservação e a sensibilização ambiental. Como reconhecimento deste trabalho, o Jardim ganhou o título de Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica e a responsabilidade de promover as ideias, programas e projetos de conservação e restauração do bioma.

Bioma – A Mata Atlântica foi considerada como patrimônio nacional pela Constituição Federal de 1988, e um decreto presidencial de 1999 instituiu o dia 27 de Maio como Dia da Mata Atlântica, reconhecendo e homenageando sua importância ecológica, econômica e histórica para o Brasil.  Reconhecida como berço da nação brasileira, a Mata Atlântica se estendia por mais de 1.300.000 km² na época da colonização do país. Porém, após séculos de exploração e degradação, hoje seus remanescentes chegam apenas a cerca de 7% da cobertura florestal original.

A exploração do pau-brasil, árvore nobre que produz uma tintura vermelha e deu origem ao nome do País, iniciou o processo de degradação da Mata Atlântica. Posteriormente, a floresta foi substituída por cultivos, pastagens e cidades, e hoje concentra grande parte dos maiores polos industriais, petroleiros, portuários e turísticos do Brasil. Este intenso processo de expansão agrícola e de urbanização transformou a Mata Atlântica no bioma brasileiro mais destruído.

Apesar de mais de 500 anos de devastação, a Mata Atlântica ainda abriga um importante patrimônio ambiental, sendo considerada um dos ecossistemas terrestres que possui a maior diversidade biológica. Dada esta importância, sua preservação é fundamental tanto para a manutenção da qualidade ambiental e econômica dos seus recursos, quanto para a manutenção da identidade cultural de uma nação que se desenvolveu em seu berço.