Fale Conosco

23 de maio de 2013

Detran suspende vistoria veicular nos postos de atendimento e concentra os serviços em Mangabeira



O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) suspendeu, temporariamente, a vistoria veicular nos postos instalados no Shopping do Automóvel e Shopping Carro Legal, na estrada de Cabedelo (BR-230). A medida foi adotada depois da prisão de dois servidores do setor de Vistoria, lotados na sede do órgão, em Mangabeira, acusados de recebimento de propina para aprovação de veículos irregulares.

A ação é resultado das investigações realizadas pela Corregedoria do Detran e também resultou na prisão de dois usuários, acusados do pagamento de propina. Com o afastamento dos servidores e a instalação de inquérito administrativo, a diretoria do Detran optou por centralizar os serviços de vistoria na sede do órgão, com a finalidade de manter o rigor no controle da prestação dos serviços, até que sejam concluídas as investigações.

O Detran realiza cerca de 300 vistorias veiculares, por dia, só na capital. Para agilizar o atendimento é realizada uma triagem, antes mesmo da vistoria eletrônica, de forma que os proprietários dos veículos com irregularidades sejam orientados a solucionar o problema e voltar ao setor para a vistoria.

O superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho, explicou que das 108 vagas oferecidas no primeiro concurso púbico da história do órgão, 30 são para o cargo de agente de vistoria.

Os candidatos aprovados para o cargo concluíram o curso de formação, no dia 14 de maio, e devem ser contratados, junto com os demais, ainda neste semestre, logo após a homologação do resultado final do concurso. Durante o curso de formação para agentes de vistoria, os candidatos estudaram as disciplinas: identificação veicular; perícia de identificação veicular; ética e qualidade no atendimento; prática de vistoria.