João Pessoa
Feed de Notícias

Detran suspende entrega domiciliar de documentos para evitar duplicidade na emissão

quinta-feira, 21 de abril de 2011 - 23:17 - Fotos: 

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) decidiu suspender a entrega domiciliar do  Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), para evitar a duplicidade na emissão do documento. A entrega domiciliar das guias para pagamento das taxas está mantida.

O CRLV era entregue, através dos Correios, após o pagamento das guias de licenciamento anual dos veículos. No entanto, muitos usuários acabavam procurando o Detran, antes do recebimento domiciliar, para emissão do documento, o que vinha provocando a duplicidade.

Já a entrega domiciliar das guias para pagamento das taxas está mantida. Mas, devido à possibilidade de atrasos no envio dos documentos pelos Correios, o Detran alerta os usuários para que fiquem atentos ao calendário anual de licenciamento que divide a frota de acordo com a placa final dos veículos e, caso não recebam as guias dentro do prazo, procurem uma unidade do órgão ou emitam as guias através da internet, pelo endereço eletrônico www.detran.pb.gov.br.

Com a suspensão da entrega domiciliar do CRLV, após o pagamento das guias o usuário deve procurar uma unidade de Detran para a emissão do documento. As guias do Detran só estão sendo recebidas pelo Banco do Brasil ou rede Pague Fácil.

O superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho, lembra que a suspensão da entrega domiciliar do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo, além de gerar economia por evitar a duplicidade da emissão do documento, garante maior segurança na prestação de serviços, considerando que, nas unidades do órgão o documento só é entregue ao proprietário do veículo ou diante apresentação de uma procuração.

Prazo IPVA – Vale lembrar que no dia 30 de abril termina o prazo para desconto de 10% no IPVA para os veículos com placa final 6, ou para a opção pelo parcelamento do imposto em 3 meses. Também termina em 30 de abril o prazo para o licenciamento 2011 dos veículos com placas finais 3 e 4.

Os veículos com placas finais 1 e 2 que não foram licenciados em 2011 já são considerados irregulares, podendo ser multados e apreendidos. Circular com um veículo com licenciamento em atraso é considerado uma infração gravíssima, com multa de quase 200 reais e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

A frota da Paraíba é de pouco mais de 733 mil veículos e cerca de 245 mil proprietários estão inadimplentes.