João Pessoa
Feed de Notícias

Detran-PB lembra Dia do Motociclista com evento no Hospital de Emergência e Trauma

quarta-feira, 27 de julho de 2016 - 18:05 - Fotos: 

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) promoveu, nesta quarta-feira (27), uma série de palestras, no auditório do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, com o intuito de lembrar o Dia do Motociclista.Com o tema “Educação e Segurança no Trânsito”, após as exposições dos convidados, foi realizada visita aos leitos das vítimas de acidentes de motos internas naquela unidade de saúde.

O superintendente da Cruz Vermelha na Paraíba, Milton Pacífico, gestor do Hospital de Trauma, deu as boas-vindas aos participantes do evento, destacando o problema que aflige profundamente aquela equipe. “Somos quase o ponto final do espaço de uma tragédia. Portanto, esse movimento é muito positivo”, desabafou, afirmando que 58% do atendimento naquela unidade de saúde correspondem a acidentes com motos.

No seu pronunciamento, o diretor de Engenharia do Detran-PB, Ruy Bezerra, representando a Superintendência da autarquia, questionou o que é possível fazer para reduzir essas estatísticas tão negativas. “O foco desse evento é convocarmos os familiares dos sequelados do trânsito, bem como a sociedade em geral, no sentido de mudarmos essa realidade”, afirmou o diretor, defendendo a implantação da disciplina “Educação no Trânsito” na rede de ensino da Paraíba. “Precisamos mudar essa cultura de trânsito”, concluiu.

O palestrante Eduardo Ferreira, do Centro de Educação de Trânsito da Honda de Pernambuco, proferiu a primeira palestra, enfatizando os sonhos das pessoas, que podem ser interrompidos por conta dos “egoístas no trânsito”. Para ele, esses individualistas não pensam nos outros condutores quando dirigem sob o efeito do álcool ou querem ter prioridade nas vias públicas. Culpou os fatores humano, ambiental e veicular como os principais responsáveis pelo número de acidentes e mortes no trânsito, com destaque para o primeiro fator.

O campeão de pilotagem de manobras radicais, Halley Amorim, também proferiu palestra, com ênfase para a sua experiência profissional. Paraibano de João Pessoa, disse que no início da carreira os obstáculos foram enormes, mas que conseguiu superar todos, com perseverança e muita fé. “A moto sempre fez parte da minha vida. Sou de família humilde e comecei a trabalhar como motoboy. Hoje acumulo muitas vitórias nos cenários nacional e internacional, utilizando o veículo no esporte”, comentou.

A chefe da Divisão de Educação de Trânsito do Detran-PB, Abimadabe Vieira, ressaltou que o evento alusivo à data tem a finalidade de alertar as pessoas, para que reflitam sobre a importância do respeito às leis, visando um trânsito mais seguro e menos violento. “Não temos muito o que comemorar”, enfatizou. Durante as visitas aos leitos dos motociclistas foi reforçada a necessidade do uso do capacete e demais equipamentos de segurança.