Fale Conosco

29 de janeiro de 2015

Detran quer diminuir número de veículos apreendidos



A diretoria de Operações e Engenharia do Departamento de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) se reuniu com a  Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob), representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e com o  comando do  Batalhão de Policiamento de  Trânsito (BPtran) na terça-feira (27). O objetivo foi criar uma comissão para desafogar o pátio desses órgãos por conta do grande número de veículos apreendidos.

Durante o encontro, foi criada uma comissão de estudo, responsável pela elaboração de uma tabela unificada com taxa progressiva de permanência dos veículos apreendidos. A iniciativa faz parte do projeto de integração dos órgãos de trânsito da Paraíba, ação que contribui para a manutenção de ações unificadas no processo de fiscalização, a exemplo das blitzes do Projeto Verão.

De acordo com os participantes da reunião, o fundamental para todos esses órgãos é que os proprietários dos veículos possam o quanto antes retirá-los do pátio, evitando a deterioração do bem causada pelo tempo, bem como minimizar a multa de permanência no local e a possível perda do bem. Conforme o Código de Trânsito, os veículos apreendidos que passarem de 90 dias nos pátios deverão ser disponibilizados para leilões.