João Pessoa
Feed de Notícias

Detran disciplina atuação dos despachantes para evitar atravessadores

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011 - 17:11 - Fotos: 
O Superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho, e o Diretor Administrativo, Flávio Moreira, visitaram nesta quinta-feira (17)  a sede do Conselho Regional dos Despachantes, na avenida Camilo de Holanda, no Centro de João Pessoa. Eles conheceram as novas instalações da Central de Atendimento aos Despachantes e ouviram sugestões do presidente do CRDD-PB, Carlos Alberto Montenegro, para aprimorar ainda mais a prestação de serviços da categoria.

Na visita, o superintendente, Rodrigo Carvalho lembrou que o Detran está buscando a excelência na prestação de serviços a fim de que os usuários sejam atendidos de forma rápida e segura, evitando qualquer despesa, além das taxas de serviços. Mas alertou que quem optar por procurar escritórios de despachantes deve ter a preocupação de exigir o credenciamento destes profissionais ao Conselho Regional, evitando a figura dos chamados atravessadores, que são pessoas que muitas vezes transitam pelos corredores do próprio órgão cobrando para orientar os usuários por serviços que deveriam ser prestados pelos funcionários.

Atualmente, 210 despachantes em todo o Estado são credenciados no Conselho Regional dos Despachantes, sendo cerca de 80 só na Capital. Na Paraíba, existem em funcionamento 37 escritórios de despachantes. O setor é disciplinado por uma lei federal, mas uma portaria do Detran da Paraíba , publicada em 2006, criou a Central de Atendimento aos Despachantes, com sede no Conselho Regional.

A portaria também autorizou o acesso on-line dos despachantes credenciados ao banco de dados do Detran, a fim de facilitar a tramitação dos processo. Recentemente, o Detran instalou um posto avançado na sede do Conselho Regional dos Despachantes  onde um funcionário do órgão está responsável pela emissão do Certificado de Registro de Veículos nos processos tramitados pelos despachantes credenciados.

Já na sede do Detran , em Mangabeira, e na sede da 1ª Ciretran, em Campina Grande, existem salas reservadas para os despachantes que contam, inclusive, com terminais de auto atendimento. Hoje, para ser um despachante documentalista é preciso passar por um curso de capacitação ministrado pelo Sebrae, Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), em parceria com o Conselho Regional dos Despachantes.

O presidente do CRDD-PB, Carlos Alberto Montenegro, elogiou a iniciativa da diretoria do Detran em acompanhar de perto a atuação dos despachantes e buscar alternativas para aprimorar  a prestação dos serviços.