Fale Conosco

24 de julho de 2013

Detran comemora Dia do Motorista e Dia do Motociclista



Um comando de saúde na sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), em Mangabeira, vai marcar, nesta quinta-feira (25), as comemorações do Dia do Motorista, em João Pessoa. A ação acontece em parceria com as secretarias de Saúde, Samu, Faculdade Maurício de Nassau, Academia de Bombeiro Civil, Ong Andrae, Sest-Senat e Grupo Cantar’t.

Durante o comando, que será iniciado às 8h, na abertura do expediente, serão oferecidos serviços de verificação de pressão arterial, testes de glicemia e hepatite, ginástica laboral com orientação sobre postura, dicas de primeiros socorros, além da distribuição de preservativos e de material educativo sobre a ‘lei seca’. Ainda no local, serão disponibilizadas vacinas contra a gripe, sarampo e tétano para servidores e usuários do Detran.

Já no sábado (27), quando é comemorado o Dia do Motociclista, vai ser realizada uma ‘motorreata’ com saída prevista para às 8h, da sede do Detran, em Mangabeira. O percurso será pelos bairros de Mangabeira, Bancários, Castelo Branco e Miramar, até a avenida Epitácio Pessoa, onde será realizado um comando de saúde das 9h30 às 11h.

De lá, os participantes seguem, no sentido Centro, até outro ponto da avenida Epitácio Pessoa, onde será realizado um comando educativo, com distribuição de material sobre a ‘lei seca’. A ‘motorreata’ terá o apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito, Polícia Rodoviária Federal e Semob.

As ações comemorativas dos Dias do Motorista (25) e Motociclista (27) promovidas pelo Detran terão a participação de servidores lotados nas divisões de Educação para Trânsito e Policiamento de Trânsito, incluindo os 60 agentes de trânsito nomeados no dia 12 de julho, após aprovação no primeiro concurso público da história do órgão.

Perfil – A maioria dos condutores paraibanos é do sexo masculino e tem entre 30 e 59 anos. Dos 725.978 paraibanos habilitados, 541.479 são homens e apenas 184.499 mulheres.

Divididos por faixa etária, 187.808 condutores paraibanos têm entre 18 e 29 anos. 450.451 têm entre 30 e 59 anos e 87.719 têm acima de 60 anos. A média geral é de 40 anos.

O perfil dos condutores paraibanos, divulgado pelo Detran, também aponta a distribuição por categoria da Carteira Nacional de Habilitação.

Segundo o relatório, a maioria dos condutores paraibanos (273.039) tem CNH na categoria B que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, é aquela para condutor de veículo motorizado, não abrangido pela categoria A, cujo peso bruto total não exceda a 3,5 mil quilos e cuja lotação não exceda a oito lugares, excluído o do motorista.

Em seguida, aparecem 220.160 condutores habilitados na categoria AB, o que permite a condução de motocicletas ou carros com até 8 passageiros. Os condutores habilitados na categoria A, específica para motociclistas ou condução de veículos motorizados de três rodas, com ou sem carro lateral, são 32.502.

Na categoria C, para condutores de veículos motorizados utilizados em transporte de carga, cujo peso bruto total exceda a 3,5 mil quilos, estão habilitados 17.402 paraibanos. Na categoria D, para condutores de veículos motorizados utilizados no transporte de passageiros, cuja lotação exceda a oito lugares, excluído o do motorista, estão 38.509.

Na categoria E, para condutores de combinação de veículos em que a unidade tratora se enquadre nas categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semi-reboque ou articulada, tenha 6 mil quilos ou mais de peso bruto total, ou cuja lotação exceda a oito lugares, ou, ainda, seja enquadrada na categoria trailer, estão habilitados apenas 5.690 paraibanos.

Os demais condutores paraibanos têm carteiras de habilitação que combinam categorias mais especializadas para transporte de cargas ou de passageiros, sendo 45.057 nas categorias AD; 15.229 nas categorias AC e 8.536 nas categorias AE.

Existem ainda 69.856 condutores pertencentes a outras categorias que são aqueles que possuem o PGU (Prontuário Geral Único), o modelo antigo da Carteira Nacional de Habitação, ainda sem a fotografia do condutor.

Vale lembrar que a CNH pode ser renovada até 30 dias após a data de validade que é de 1 ano para a permissão para dirigir (primeira habilitação), 5 anos para condutores com até 65 anos de idade e 3 anos para condutores acima de 65 anos.

Muitos condutores esquecem de verificar a data de vencimento do documento e continuam transitando com o prazo vencido, o que, segundo o artigo 162 do Código de Trânsito Brasileiro, representa uma infração gravíssima, com sete pontos na CNH, ficando sujeito à multa e ao recolhimento da carteira.

Segundo o superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho, o órgão tem investido na maior fiscalização do setor. Os 70 centros de formação de condutores (antigas autoescolas) passaram por um recadastramento e enfrentam maior fiscalização, através da Controladoria Regional de Trânsito e da Corregedoria.

O controle da frequência dos candidatos às aulas teóricas e práticas também ficou mais rigoroso com a exigência da biometria (identificação pela impressão digital) nos Centros de Formação de Condutores e a implantação do reconhecimento facial, que passa a ser obrigatório, em todos os CFC´s da Paraíba, a partir de primeiro de agosto.

O Detran da Paraíba é pioneiro na implantação do reconhecimento facial, ferramenta que complementa a identificação dos alunos pela biometria e garante o cumprimento da carga mínima exigida pelo Código de Trânsito Brasileiro para aulas teóricas, práticas ou cursos de reciclagem.