João Pessoa
Feed de Notícias

Detentos participam de campeonato de futebol de areia

segunda-feira, 24 de setembro de 2012 - 15:53 - Fotos: 

A Gerência de Ressocialização da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária realizou, na última sexta-feira (21),  a final da 1ª Taça Geraldo Beltrão de Futebol de Areia, no presídio de mesmo nome, localizado em Mangabeira. Os jogos foram conduzidos por árbitros que eram apenados de celas não participantes do torneio.

A competição, que durou uma semana, foi disputada por 209 apenados. Para a Gerente Executiva de Ressocialização, Ziza Maia, a iniciativa foi bem aceita entre os detentos e outras unidades prisionais do Estado passaram a se organizar para receber eventos esportivos como este. “Os presídios de Patos, Cajazeiras e Catolé do Rocha promoverão também suas taças até novembro para que em dezembro haja uma grande final”, afirmou.

Foto: Walter Rafael/Secom-PB

O Gerente Executivo da Seap, Tenente Coronel Arnaldo Sobrinho, lembrou do trabalho de fabricação de bolas desenvolvido pelos próprios detentos. “As bolas de couro, utilizadas neste torneio, são confeccionadas pelos detentos do presídio Sílvio Porto através do Programa Pintando a Liberdade”, acrescentou.

Premiação – Além da premiação tradicional de medalhas para o segundo colocado e troféu para o campeão da competição, os artilheiros e o melhor goleiro também foram homenageados.

Alexsander Brito da Silva, 19 anos, e Nieltino Galdino de Azevedo, 25 anos, foram os grandes artilheiros dos jogos com nove gols marcados cada. Para o artilheiro Nieltino Galdino, o jogo foi motivador. “Foi muito importante essa atividade aqui porque, além de nos distrair, nos motiva. Queremos voltar para sociedade e isso nos ajuda”, acrescenta.

Foto: Walter Rafael/Secom-PB

Para o diretor do Presídio, João Sitônio Rosas Neto, a iniciativa da prática esportiva no complexo criminal diminui a reincidência de crimes. “Esse tipo de atividade dentro do presídio diminui a tensão dos apenados. Sem falar que ações como essa são importantes para que eles se sintam cada vez mais humanizados e assistidos”, disse.

O objetivo da Gerência de Ressocialização da Seap é reintegrar os detentos à sociedade.