Fale Conosco

23 de novembro de 2012

‘Destino Paraíba’ é destaque no Festival de Turismo de Gramado, na Serra Gaúcha



O movimento de agentes de viagens no estande da Paraíba, durante o 24º Festival de Turismo de Gramado (Festuris), aberto nesta quinta-feira (23) à noite, nas Serras Gaúchas, demonstra a força que o ‘Destino Paraíba’ começa a ter entre os principais mercados brasileiros. São mais de 15 mil profissionais que devem cruzar os corredores do Centro de Convenções, passando pelos estandes de dezenas de empresas como companhias aéreas, operadoras de turismo, hotéis e dos setores públicos. Há delegações de 40 países diferentes, muitos deles da Europa e até da China, dispostos a trocar informações e ideias que contribuam para o desenvolvimento do turismo como uma atividade economicamente viável. Atualmente, essa atividade contribui com 3,7% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, mas o Ministério do Turismo (MTur)  acha esse percentual modesto e trabalha para ampliá-lo.

O diretor de Economia e Fomentos da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Francisco Linhares, se surpreendeu com o número de profissionais da área que pediram informações sobre os roteiros que estão sendo apresentados no evento. O Estado se prepara para ter uma das melhores temporadas de alta estação, segundo a avaliação dos hoteleiros e agentes de viagens que estão participando do festival

Durante o Festuris, que termina neste sábado (24), a PBTur, juntamente com hoteleiros e empresas de receptivo de João Pessoa, além de representantes do Sebrae-Paraíba, estarão distribuindo material institucional com os principais roteiros turísticos do Estado, focando, principalmente, no segmento ‘sol e praia’, por orientação do próprio Ministério do Turismo (MTur). Os roteiros incluem todo o litoral, o Centro Histórico de João Pessoa, pontos como a Praia do Jacaré e Areia Vermelha, em Cabedelo, assim como as festas populares, como o Maior São João do Mundo, promovido em Campina Grande.

O  Convention  Bureau de João Pessoa destacou ainda a força que a Paraíba está ganhando com a construção do Centro de Convenções da capital paraibana, que até o final do próximo ano estará concluído. Além de todo o conjunto de opções para o lazer e entretenimento, o gestor executivo do Bureau, Ferdinando Lucena, apontou o turismo de eventos como um divisor de águas para o segmento no Estado, a partir da realização de eventos e consequente ocupação hoteleira nos períodos de média e baixa estação. “Deixaremos de ter baixa estação para a hoteleira”, previu o executivo.

Aeroportos da Paraíba – Os aeroportos de Campina Grande (João Suassuna) e da Região Metropolitana de João Pessoa (Presidente Castro Pinto) estão em quinto e oitavo lugares, respectivamente, no ranking de movimentação de passageiros, em outubro, entre os 16 aeroportos administrados pela Infraero (Empresa Brasileira da Infraestrutura Aeroportuária), regional Nordeste. O ranking é liderado pelo aeroporto de Juazeiro do Norte (BA) e, entre as capitais, Aracaju (SE), que, no geral, está em segundo lugar.

No mês de outubro, o crescimento da movimentação de passageiros (embarques e desembarques) no João Suassuna foi de 21,42% em relação ao mesmo período do ano passado. O movimento passou de 6.594 passageiros para 10.614 passageiros. No ano, esse número passou de 89.346 passageiros para 108.485 passageiros. Já o movimento no Presidente Castro Pinto passou de 92.075 para 104.191 passageiros, um crescimento de 10,53% em relação ao mesmo período de 2011. No ano, o aeroporto registrou a movimentação de 1.044.183 passageiros.

O crescimento sustentável de passageiros no Castro Pinto tem provocado reação positiva entre as companhias aéreas, que estão anunciando mais investimentos na Paraíba. A Gol Linhas Aéreas iniciará no dia 1º de dezembro um novo voo no aeroporto, direto para o Rio de Janeiro. No mesmo dia, a Trip Linhas Aéreas faz a sua estreia o, dando início a duas operações ligando a capital paraibana a Salvador. O voo da Trip abrirá ainda a perspectiva de mais de 100 destinos, já que pertence à Azul, que também já opera em João Pessoa com duas operações.

Há dois meses, a direção da Avianca já havia anunciado a troca de aeronaves no Castro Pinto. A companhia aérea vai trocar o atual Fokker 100 por um Airbus A319 em sua operação. A troca, segundo o vice-presidente de Marketing e comercial, Tarcísio Gargioni, é resultado do crescimento do número de passageiros embarcados pela empresa, que tem voo diário para Brasília, com conexões para outros destinos. A média de ocupação dos voos da Avianca chega a quase 90%. Com a troca de aeronaves, o número de passageiros embarcados será acrescido em 30% da atual capacidade.