João Pessoa
Feed de Notícias

‘Destino Paraíba’ deverá receber cerca de 200 mil turistas em janeiro de 2014

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 - 17:31 - Fotos:  Secom-PB

João Pessoa e outras cidades do litoral da Paraíba deverão receber em janeiro de 2014 cerca de 200 mil turistas. A previsão é do Setor de Estatística da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), que divulgou, nesta quinta-feira (19), uma pré-estimativa do Fluxo Global de Turistas para o período da Alta Estação (Verão). A Capital deverá receber mais de 138 mil turistas. Computados os dados de todo o Estado, o número deve chegar a 197 mil turistas.

A pesquisa prevê que ao longo de 2013 mais de 1,6 milhão de turistas tenham visitado o Estado, o que representa um implemento no fluxo global de visitantes na casa dos 6,02%.  No mesmo período do ano passado, foram registrados 1.513.468 turistas. Para João Pessoa, o principal portão de entrada de visitantes, os números previstos são de crescimento da ordem dos 6%, ou seja, 1.127.397 turistas.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, explica que esta é uma estimativa que se baseia no levantamento mensal realizado pelo Setor de Estatísticas junto aos meios de hospedagem da Capital, do Litoral Sul e demais cidades turísticas do Estado. “São números reais registrados durante todo o ano e, diante dessa realidade, podemos fazer essa previsão bastante positiva para o setor”, disse.

A executiva paraibana não tem dúvidas de que este momento excelente vivido pelo ‘Destino Paraíba’ é resultado do trabalho em conjunto com o trade paraibano, do Governo do Estado e de algumas prefeituras. “Desde o início desta gestão focamos em divulgar o destino e atrair um maior número de turistas para o nosso Estado. Nesses quase três anos realizamos capacitações de agentes de viagens e operadores de turismo de todos os Estados do Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, além da nossa presença em várias feiras de turismo no Brasil e exterior. O resultado está aí. João Pessoa, Conde e Cabedelo, por exemplo, estão com seus hotéis cheios, com reservas confirmadas e leitos ocupados até o final de janeiro. O fluxo de turistas é intenso”, afirmou.