João Pessoa
Feed de Notícias

DER pede a concessionárias remanejamento de redes de serviço

quinta-feira, 1 de agosto de 2013 - 11:34 - Fotos: 

A diretoria do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) solicitou à Cagepa, Energisa, PB-Gás, GVT, Oi, Embratel e Net que remanejem suas redes de água, canalização de gás e cabos elétricos e de comunicação para adequá-las ao projeto do Trevo de Mangabeira, cuja licitação para execução da obra deverá ocorrer em mais alguns dias e que tem por objetivo melhorar a mobilidade urbana na zona sul de João Pessoa. A reunião com representantes dessas empresas ocorreu na quarta-feira (31).

O investimento do Governo do Estado na obra está estimado em R$ 20 milhões. A licitação será feita com toda a área já liberada da infraestrutura dos serviços públicos. Na sexta-feira (9), às 9h, será realizada nova reunião no DER para apresentação final e cronograma de execução dos projetos de cada concessionária.

Trata-se de um projeto urbano que possibilitará o escoamento do tráfego viário em todas as direções, que proporcionará maior fluidez nas interseções das Avenidas Josefa Taveira e Hilton Souto Maior Filho. Terá extensão de 800 metros. A plataforma da avenida ficará com 22 metros, com duas pistas de rolamento, canteiro central, ciclovia e calçadas. O tipo de revestimento será em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ).

A obra beneficiará diretamente cerca de 250 mil habitantes, especialmente os moradores dos bairros da zona sul da Capital. Circulam diariamente na área cerca de 30 mil veículos entre automóveis, camionetas, ônibus, caminhões e motos.

Os principais serviços programados são terraplenagem, pavimentação asfáltica, viaduto em concreto, drenagem, iluminação ornamental e sinalização horizontal e vertical. A construção do trevo ficará a cargo do DER, através de firma contratada em licitação pública.

O trevo vai modernizar e ampliar da infraestrutura viária, melhorar a mobilidade urbana, reduzir o tempo de deslocamento e os índices de acidentes.

Para permitir o trânsito normal na área do trevo, o DER fará a pavimentação de ruas adjacentes antes do início da obra, minimizando dificuldades no tráfego durante a construção.