Fale Conosco

29 de junho de 2012

DER libera tráfego para veículos de pequeno e grande porte na PB-054



Com a redução das chuvas e ações rápidas do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER), foi liberado no final da tarde desta sexta-feira (29) o tráfego para veículos de pequeno e grande porte na PB-054, rodovia que interliga a BR-230 a Itabaiana, interditada no dia anterior por causa do grande volume de água no desvio onde está sendo construída uma nova ponte, destruída nas chuvas do ano passado. Na rodovia que liga a BR-230 a Ingá, o tráfego poderá ser liberado na manhã deste sábado (30), nos desvios construídos nos trechos onde o DER executa obras de construção.

As chuvas que caíram esta seman provocaram danos nos desvios construídos nos trechos onde o DER executa obras de construção e recuperação de pontes nas referidas rodovias estaduais. Por causa disso, três estradas foram interditadas desde a tarde desta quinta-feira (28), após inspeção feita pelo DER: a PB-004, nas imediações da Ponte da Batalha, entre os municípios de Santa Rita e Cruz do Espírito Santo, na região metropolitana de João Pessoa; e a PB-054, no trecho que interliga a BR-230 ao município de Itabaiana; e a rodovia que interliga a BR-230 ao município de Ingá.

Em Itabaiana, as águas danificaram o desvio construído por conta das chuvas no ano passado. Na área da Ponte da Batalha, em Cruz do Espírito Santo, a enxurrada também destruiu boa parte do desvio existente. A Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Estadual sinalizam os dois trechos com tráfego interrompido, e as equipes de fiscalização do DER também foram deslocadas para auxiliar neste serviço. A previsão é de que até esta segunda-feira (2) os desvios sejam refeitos, segundo avaliou o superintendente do DER, Carlos Pereira.

 

Máquinas e equipes do órgão estão sendo deslocados para as áreas com problemas com o objetivo de amenizar os transtornos dos usuários e evitar acidentes. “Renovamos nosso apelo para usuários de transportes coletivos, de carros particulares, e a população em geral para que não tentem utilizar os trechos interditados porque a interdição é por absoluta falta de segurança”, alertou Carlos Pereira.

 

Nas obras da Ponte da Batalha, o desvio provisório foi danificado, rompido pela enxurrada das águas do rio Paraíba, que também recebeu água do rio Gurinhém. Nesta obra, os investimentos são da ordem de R$ 2 milhões.

 

Alternativas de tráfego – Para se dirigir a Cruz do Espírito Santo a alternativa é pela PB-073, via Café do Vento e Sapé, ou então por Mulungu. Na área de Itabaiana o acesso alternativo é seguir pela estrada de Juripiranga (PB-048) ou Pedras de Fogo (PB-032). Para acesso ao município de Ingá as pessoas devem trafegar via Riachão do Bacamarte, pela BR-230.

 

De acordo com o dirigente do DER, na noite de quarta-feira (27) e madrugada de quinta-feira (28), choveu o equivalente à média do que normalmente chove em 15 a 20 dias de inverno.