Fale Conosco

13 de maio de 2005

Deputado critica restrições de Veneziano ao apoio do Governo



O deputado estadual Fábio Nogueira (PSDB) destacou, nesta sexta-feira (12), o apoio do Governo do Estado ao Maior São João do Mundo, ao mesmo tempo em que estranhou a posição do prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego, de fazer restrições e demonstrar resistência a esse apoio e gesto significativo do governador Cássio Cunha Lima.


Os recursos de apoio ao evento pelo Governo do Estado serão de R$ 300 mil na forma de incentivo fiscal através do Programa de Apoio às Tradições Juninas, que serão liberados diretamente para a conta da prefeitura de Campina Grande, através do patrocínio da Telemar, e R$ 200 mil referente à cota de patrocínio máster do Governo, dentro do evento. Também, o Governo garantirá apoio estrutural nas áreas de segurança, saúde e campanha do trânsito durante os 30 dias de realização da festa.


Transparência na gestão pública


Para Fábio Nogueira, além desse apoio já verbalizado pelo governador Cássio Cunha Lima, o prefeito de Campina Grande precisa informar quais são os outros apoios conseguidos para o sucesso da realização do evento. “É preciso que haja transparência na gestão pública e o prefeito deve explicar que mais apoios conseguiu e como eles serão aplicados no Maior São do Mundo”.


Fábio Nogueira lembrou que durante oito anos, a prefeitura de Campina Grande não contou com nenhum apoio do ex-governador José Maranhão, “atual padrinho político de Veneziano”, ao Maior São João do Mundo. “E onde estava Veneziano, que nunca fez qualquer restrição a essa falta de apoio durante oito anos”, questionou.


Mesmo sem esse apoio do ex-governador, observa Fábio Nogueira, o governador Cássio Cunha Lima, então prefeito da cidade, conseguiu consolidar o evento e teve a competência de buscar parceiros na iniciativa privada para tornar a festa mais grandiosa e importante para o Estado. “O que prevaleceu na gestão de Cássio quando prefeito de Campina foi o profissionalismo e a aplicação correta e com critérios dos recursos obtidos para a realização da festa”, acrescentou.