Fale Conosco

1 de agosto de 2011

Dengue mantém tendência de declínio na Paraíba, revela boletim da SES



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou o boletim referente à semana epidemiológica de número 29 que vai de 17 a 23 de julho. De acordo com o documento, a curva da incidência continua em declínio e, segundo a gerente executiva de Vigilância em Saúde da SES, Júlia Vaz, isto retrata o comportamento da doença e mostra que a tendência atual é a redução significativa dos casos.

Entretanto, Júlia Vaz alerta que para que estes resultados continuem satisfatórios as ações de controle vetorial e de educação da população devem permanecer de forma efetivas e rotineiras.

Ainda de acordo com o boletim, o número de notificações recebidas através do Sistema de Informação de Notificação de Agravos (Sinan) na semana epidemiológica 29 foi de 69 casos suspeitos e estes casos estão incluídos dentro do montante de casos que estão em investigação.

Júlia Vaz explicou que os 133 casos de dengue clássica identificados a mais na semana 29 em relação à semana 28 são casos que foram notificados em outras semanas. Como o processo de investigação só foi encerrado depois, o registrou entrou no boletim mais recente. “A mesma observação se estende aos dois casos a mais de dengue com complicações, aos 10 casos a mais de febre hemorrágica e aos 76 casos a mais encerrados como descartados”, disse Júlia Vaz.

Os novos dados – Até o dia 23 de julho foram registrados 11.623 casos.  Desse total, 5.936 foram de dengue clássica; 97 de dengue com complicações (DCC); 86 de febre hemorrágica da dengue (FHD); um óbito, 2.335 casos descartados e 3.168 casos em investigação.