João Pessoa
Feed de Notícias

Delegacia Online registra mais de dois mil atendimentos

sexta-feira, 4 de novembro de 2011 - 19:03 - Fotos:  Secom-PB

Ocorrências simples como extravios de documentos e pequenos furtos, em que não haja violência, podem ser comunicados à polícia pela internet. De forma rápida e simples, o usuário de qualquer lugar do Estado pode acessar a Delegacia Online e fazer o Boletim Eletrônico de Ocorrência. De junho até outubro de 2011, foram registrados 2.134 atendimentos online.

O serviço foi reativado pela Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds) no mês de junho deste ano, como opção à população e para desafogar o atendimento nas delegacias distritais. O maior número de registros se concentrou na Capital (1.113 por extravio e 500 por furto) e em Campina Grande (229 por extravio e 88 por furto). Só no mês de outubro foram registradas 473 ocorrências online no Estado.

O acesso à Delegacia Online está disponível pelo endereço eletrônico www.delegaciaonline.pb.gov.br, ou pela página interna da Secretaria de Segurança no Portal do Governo do Estado (www.paraiba.pb.gov.br).

De acordo com a Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) da Seds, o usuário pode acessar a delegacia 24h por dia, durante toda a semana. A ocorrência registrada é encaminhada para uma equipe de policiais responsáveis por validar ou não o documento no horário comercial (segunda a sexta) e enviar de volta ao usuário um número de protocolo pelo qual é possível imprimir o boletim.

O programa de computador responsável pelo funcionamento da Delegacia Online foi desenvolvido pela Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata).

Aplicativos móbiles – Na página da Delegacia Online também estão disponíveis alguns serviços móveis de utilidade pública, a exemplo de um aplicativo móbile que permite ao usuário fazer consultas ao Boletim de Ocorrências, por meio do celular, por CPF e por número do Protocolo da Ocorrência. Outro aplicativo disponível para download oferece consultas de placa de veículo, multas e situação da CNH.

À frente da delegacia está a delegada Ranielle Vasconcelos, que cita como vantagens do serviço on line o conforto e a comunidade do usuário em registrar o boletim em casa ou no trabalho. “É importante lembrar que a falsa comunicação à polícia constitui crime previsto no artigo 340 do Código Penal Brasileiro. Portanto, o serviço tem que ser usado de forma consciente e responsável”, ressaltou a delegada, acrescentando que o serviço está sendo aprimorado a cada dia para melhorar o atendimento à população.