João Pessoa
Feed de Notícias

Definidos pontos de entrega de armas na PB da Campanha do Desarmamento 2011

segunda-feira, 20 de junho de 2011 - 17:50 - Fotos: 

Reunião aconteceu na sede da Seds. Foto: Edvaldo Malaquias/Secom-PB

Na segunda reunião sobre a Campanha do Desarmamento 2011 na Paraíba, que será lançada no dia 6 de julho, foram definidos onde serão instalados os postos de recebimento de armas no Estado. O encontro, realizado na manhã desta segunda-feira (20), na sede da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds), contou com a presença dos membros da Comissão Gestora da campanha, definida no último dia 13.

Na região metropolitana, os postos da Polícia Militar serão o Núcleo Integrado de Policiamento Comunitário da Ilha do Bispo, em João Pessoa; a 3ª Companhia de Alhandra; o 7º Batalhão, localizado entre as cidades de Bayeux e Santa Rita, e a 4ª Companhia de Cabedelo. Os da Polícia Civil serão a Central de Polícia, localizada no bairro do Varadouro, e a Academia de Ensino de Polícia (AEP), que fica na Av. Hilton Souto Maior, no bairro de Mangabeira, ambas na Capital. Já o Corpo de Bombeiros disponibilizará postos de entrega de armas no Batalhão de Busca e Salvamento Cabo Branco e no Quartel Central do Comando, em Marés.

Também foi definida a data de 1º de julho para treinamento administrativo de registro de recebimento de armas, inutilização de armas segundo a portaria nº 936/2011 do Ministério da Justiça (MJ), e operacionalização do sistema Infoseg, que tem por objetivo a integração das informações de segurança pública, justiça e fiscalização.

Segundo Almir Laureano, coordenador nacional adjunto da campanha, as armas de fogo serão destruídas ainda no local do recebimento com uso de uma marreta. “Essa forma é econômica e deu certo em Feira de Santana, na Bahia”, explicou, acrescentando que “os trabalhos na Paraíba estão se desenvolvendo com eficácia, devido à boa vontade do Governo do Estado em enxergar na campanha uma possibilidade na redução dos homicídios”.

A Comissão – Na última segunda-feira (13), foi definida a Comissão Gestora que vai atuar na Campanha do Desarmamento no Estado. A escolha dos membros foi feita durante reunião realizada entre o secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, e representantes do Governo do Estado, de instituições policiais, religiosas, do Ministério Público, do Judiciário e da sociedade civil organizada.

A intenção é sensibilizar a população e recolher o maior número possível de armas de fogo. De acordo com o MJ, estudos como o Mapa da Violência 2011 mostram redução nos índices de criminalidade, principalmente de homicídios, no período de realização das campanhas.

As novidades na edição de 2011 da campanha são: o anonimato, a inutilização do material ainda no ato de entrega, a agilidade no pagamento da indenização, que vai de R$ 100 a R$ 300 e pode ser sacada após 24h e em até 30 dias, e a ampliação da rede de recolhimento.

Além do secretário da Segurança, fazem parte da comissão o executivo da pasta, Raimundo Silvany; Emmanuel Arruda e Roseane Roque da Silva, que representam os secretários de Estado Walter Aguiar e Lúcio Flávio; o comandante da Polícia Militar, cel. Euller Chaves, e o subcomandante, cel. Washington França; o comandante do Corpo de Bombeiros, cel. Jair Barros; o delegado geral de Polícia Civil, Severiano Pedro; o superintendente regional da Polícia Rodoviária Federal, Valcir Ortins; o juiz Carlos Beltrão Martins Filho, da Vara das Execuções Penais; a promotora Roseane Araújo, representando o Ministério Público; Aderaldo Pereira, grão-mestre do Grande Oriente do Brasil; Dom Aldo de Cillo Pagotto, arcebispo da Paraíba; e o pastor evangélico Kepler Arruda, da Primeira Igreja Batista.