João Pessoa
Feed de Notícias

Defesa Civil verifica situação de cidades atingidas pelas chuvas

sexta-feira, 20 de maio de 2011 - 18:00 - Fotos:  Antonio David/Secom-PB

Defessa Civil inspecionou áreas mais atingidas pelas chuvas - Antonio David/Secom-PB

O gerente de apoio logístico da Defesa Civil Estadual, George Saboia, juntamente com o coordenador da Defesa Civil de Queimadas, Antônio França da Silva realizaram na manhã desta sexta-feira (20) inspeção nas áreas mais afetadas pelas recentes chuvas naquele município do Agreste paraibano. Cerca de trinta moradias foram atingidas e algumas destruídas.

As moradias mais afetadas estão localizadas próximas ao açude Dona Dora, que está sangrando por uma vala feita pelos moradores da região. Devido ao volume dágua as ruas foram alagadas invadindo casas. O motivo maior, segundo moradores das cerca de dez casas, é que os bueiros que dão vazão a água estão entupidos.

O canal que corta a cidade está com volume d’água acima de sua capacidade e passa sob diversos imóveis provocando prejuízos e transtornos aos moradores. George Sabóia informou que um relatório será elaborado e enviado ao governador Ricardo Coutinho para providências urgentes por parte dos órgãos do Governo.

Algumas famílias que estão desalojadas se encontram em casas de parentes e até agora, de acordo com Antônio França não houve necessidade de abrigar pessoas em prédios públicos. “Estamos contando com a ajuda do governo estadual para atender aos necessitados”, disse.

Uma serralharia onde também funciona uma pequena oficina de carro, localizada na rua João Belarmino Barbosa foi praticamente destruída onde pelo menos dois veículos quase sumiram numa cratera aberta dentro do imóvel.

Antônio França, da Condec de Queimadas, disse que o governo municipal está providenciando ajuda as famílias, cadastrando aquelas mais afetadas pelas chuvas. “A nossa maior preocupação é com as famílias que residem nas encostas, pois uma pedra chegou a rolar, mas não atingiu nenhuma moradia”, salientou.

População preocupada com o açude - Antonio David/Secom-PB

Também nesta sexta-feira, o gerente da Defesa Civil estadual, George Sabóia, visitou áreas de risco do município de Gurinhém, onde também as fortes chuvas causaram transtornos a população. “Assim como Queimadas, vamos elaborar um relatório sobre a situação da cidade e encaminhar ao governador e ao Ministério da Integração Nacional”, enfatizou.