João Pessoa
Feed de Notícias

Governo distribui mais 300 toneladas de ração animal na Paraíba

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 - 15:10 - Fotos:  Francisco França / Secom-PB

A Secretaria de Estado da Infraestrutura, por meio da Gerência Executiva da Defesa Civil, distribuiu ração animal durante toda semana nas cidades de Patos, Sousa, Cajazeiras e Taperoá. Na ocasião, foram doadas aproximadamente 330 toneladas de ração, beneficiando mais de 750 famílias.

A distribuição faz parte das 10 mil toneladas de ração adquiridas pelo Governo do Estado para dar continuidade ao programa nos primeiros meses deste ano e que estão sendo entregues desde a primeira quinzena de janeiro. O objetivo é distribuir o montante até o final de fevereiro nas 120 cidades que fazem parte do programa.

De acordo com o gerente de Apoio Logístico da Defesa Civil Estadual, George Sabóia, em uma análise geral o programa de distribuição de ração animal gratuita está atingindo o objetivo esperado. “Estamos conseguindo minimizar os prejuízos aos criadores do nosso Estado. Se essa ação, que é pioneira no país, não estivesse acontecendo, a perda do rebanho seria muito maior”, destacou.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Efraim Morais, destacou a importância do auxílio aos criadores de gado: “De julho a dezembro, nós distribuímos gratuitamente 19 mil toneladas. Agora temos mais 10 mil. Até o momento já foram gastos cerca de R$ 9 milhões e ainda temos muito trabalho pela frente. Nossa meta é doar 40 mil quilos de ração animal na Paraíba”. Segundo ele, 40 por cento do rebanho estadual foi dizimado pela estiagem.

Os criadores do Estado manifestam sua satisfação e agradecem ao Governo pelo programa. O senhor Francisco Assis de Sousa, 82, é morador do sítio Carnaubinha, Sousa, e é um dos beneficiados com a ação. “Tenho 13 cabeças de gado e é graças a essa ração que estou conseguindo escapar meus animais. Antes da seca, produzia leite para venda e tirava o sustento da minha família, hoje não consego ordenhar nem o suficiente para o nosso consumo”, relatou.

Dona Maria Bernadete, 73, moradora do município de Cajazeiras, diz que nunca passou por uma seca como a atual. “Nasci e me criei nessa terra e nunca vi uma seca tão braba como esta; o sofrimento é grande, mas quando sei que vocês estão vindo entregar ração,  fico tão feliz que vocês nem imaginam, sei que pelo menos pelos próximos quinze dias meu gado vai estar salvo”, agradeceu.

A distribuição da ração volta ao normal após o período de carnaval, nesta quinta-feira (14).