Fale Conosco

3 de junho de 2012

Capacitação de enfrentamento à violência doméstica começa nesta segunda



Defensores públicos, promotores, juízes, advogados, estagiários e estudantes dos cursos de Direito, Serviço Social e Psicologia participam desta segunda (4) até sexta-feira (8) da 1ª Capacitação de Enfrentamento à Violência Doméstica Contra a Mulher. O evento é promovido pela Defensoria Pública da Paraíba e acontece na sede da Escola Superior da Magistratura (Esma), no bairro Altiplano, em João Pessoa.

A coordenadora de Projetos Sociais da Defensoria, Elizabete Barbosa, disse que o evento vai ser um importante momento para o debate sobre o funcionamento da rede especializada de enfrentamento à violência contra as mulheres, a aplicação da Lei Maria da Penha e os aspectos gerais desse tipo de violência que aumenta a cada ano.

“Para se ter uma ideia do problema, levantamentos do Centro da Mulher 8 de Março mostram que os estupros tiveram um crescimento de 316% na Capital nos primeiros quatro meses deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado”, explicou.

A capacitação será aberta às 8h desta segunda-feira pelo defensor público geral do Estado, Vanildo Oliveira Brito; pela secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Iraê Lucena, delegada e coordenadora das Delegacias Especializadas da Mulher, Ivanisa Olímpio, e demais convidados, como a juíza Antonieta Maroja, do Juizado Especial de Violência Doméstica contra a Mulher de João Pessoa.

No primeiro dia da capacitação, estão programadas palestras sobre “A Constitucionalidade da Lei Maria da Penha”, com a promotora do Estado do Mato Grosso, Lindinalva Rodrigues Correia, e “A Lei da Igualdade”, pela superintendente de Políticas das Mulheres do Mato Grosso, Ana Emília Sotero.