João Pessoa
Feed de Notícias

Defensoria realiza atendimento aos moradores do Timbó, neste sábado

quinta-feira, 18 de março de 2010 - 09:37 - Fotos: 
A Defensoria Pública da Paraíba realiza neste sábado(20) na comunidade do Timbó, nos Bancários, em João Pessoa, um dia de atendimento ao público à convite do Conselho de Segurança Comunitário do bairro. De acordo com o defensor público geral em exercício, Marcus Gerbasi,  uma equipe formada por sete defensores vai estar das 8 às 13h recebendo a população para orientar e encaminhar todos os pleitos com relação ao Direito Civil, de Família e Penal.
         
O Conselho de Segurança Comunitário dos Bancários (Conseg) foi criado em novembro do ano passado com a finalidade de discutir, sugerir, planejar, interagir e propor soluções para os problemas de segurança da comunidade. “Durante todo esse mês, o Conselho está realizando ações que envolvem diversas instituições e a Defensoria Pública não poderia deixar de levar seus serviços para contribuir com o resgate da cidadania”, acrescentou Gerbasi.
         
A equipe, formada pelos defensores Fátima Lisboa, Eliane Bernardo, Leda Maria, Ana Maria Monte, Maria Cleide, Maria do Rosário e Durval de Oliveira, vai esclarecer dúvidas que a população do Timbó tenha em relação a direitos judiciais, como por exemplo  pensão alimentícia, separação, divórcio,  reconhecimento de paternidade. O objetivo é promover ações de assistência jurídica e educativa.   
         
Assistência à Mulher- A Defensoria Pública da Paraíba encaminhou a Secretaria Especial de Estado de Políticas Públicas para as Mulheres o projeto de capacitação de defensores públicos, delegados, assistentes sociais, psicólogos de várias instituições governamentais e não governamentais que vão atuar no atendimento a mulheres que são vítimas de violência doméstica. O defensor público geral em exercício, Marcus Gerbasi, explicou que a Defensoria está engajada no fortalecimento da Rede Estadual de Combate a Violência Contra a Mulher.

Marcus Gerbasi ,acompanhado da gerente de execução penal, de penas alternativas e programas sociais, Elizabeth Barbosa, participou esta semana  de uma reunião na Secretaria Especial, onde foi discutida a criação do Centro Estadual de Referência às Mulheres Vítimas de Violência. “Nesse Centro, todos os órgãos que formam a Rede vão estar presentes, como a Defensoria Pública, visando oferecer um atendimento completo as mulheres que estão fragilizadas pela violência doméstica e precisam de orientação e acolhimento”, disse Gerbasi.     

 Ivani Leitão, da Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública