Fale Conosco

1 de setembro de 2012

Defensoria Pública escolhe cinco membros do Conselho Superior



Depois de realizar uma votação tranquila, no auditório do Procon/PB, no Centro de João Pessoa, na noite da sexta-feira (31), a Defensoria Pública do Estado conheceu os nomes dos cinco conselheiros eleitos para o Conselho Superior. Dos 275 defensores públicos da ativa, 245 compareceram para votar, o que representa 90% da categoria. A votação foi realizada em urna cedida pelo Tribunal Regional Eleitoral e coordenada pela Comissão Eleitoral da Defensoria Pública do Estado.

De 38 candidatos, cada defensor tinha que marcar na cédula os nomes de até cinco escolhidos. Ao iniciar a apuração, a Comissão Eleitoral fez a contagem das cédulas e em seguida apurou que quatro votos foram anulados por conter mais de cinco indicações. A Comissão eleitoral é formada pelos defensores Argemiro Queiroz de Figueiredo (presidente), Antonio Rodrigues de Melo (1º secretário) e Jeziel Magno Soares (2º secretário).

Os defensores eleitos como membros do Conselho Superior da Defensoria Pública são: Manfredo Rosenstock (76 votos), Fátima Marques (66 votos), Elson Carvalho (60 votos), Ricardo Barros (54) e Celestino Tavares (51). Também foram escolhidos os cinco conselheiros suplentes: José Alípio (50 votos), André Luiz Pessoa de Carvalho (50 votos), Ryveka Bronzeado(50 votos), Roberto Sávio (47 votos) e Wilmar Carlos de Paiva Leite(44 votos).

A posse será realizada até cinco dias depois da publicação do resultado no Diário Oficial do Estado. Para o defensor público geral do Estado, presidente do Conselho Superior da DP, Vanildo Brito, o pleito foi muito importante para a categoria que pela primeira vez pôde eleger pelo voto direto os cincos membros efetivos do CS, como determina a Lei Complementar Estadual 104/2012. “Foi uma vitória para a categoria”, disse.