Fale Conosco

2 de dezembro de 2011

Debates definem estratégias para a agricultura em Conferência Estadual



Dezesseis grandes temas voltados para os setores produtivos, as forças sociais e as diversidades territoriais vão ser debatidos durante a 2ª Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que começa nesta segunda-feira (5). Promovida pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), a conferência será aberta será às 9h, no Cine Bangüê – Espaço Cultural José Lins do Rego, João Pessoa.

Logo após a abertura acontecerá uma mesa temática sobre “Desenvolvimento Rural Sustentável com Inclusão Produtiva e Social”. Os principais convidados são o diretor da Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Emprego, Manoel Vital de Carvalho Filho, e o ex-presidente da Contag, Manoel José dos Santos.

Às 12h, os participantes farão uma visita aos estandes da Exposição de Produtos e Serviços da Agropecuária e Pesca, como também à Feira Agroecológica da Agricultura Familiar. Esses dois eventos serão realizados no anel interno da Lagoa, no Parque Solon de Lucena, na segunda e na terça-feira, das 8hs às 17h.

A Conferência tem como objetivo criar uma política de desenvolvimento rural sustentável e solidário que contemple os setores produtivos, as forças sociais e as diversidades territoriais da Paraíba. Haverá discussões sobre irrigação, bovinocultura, caprionovinocultura, piscicultura e aqüicultura, atividades não-agrícolas, algodão, cana de açúcar, horticultura, orgânicos/agroecológicos, fruticultura, apicultura/meliponicultura e desenvolvimento territorial.

Na terça-feira (6), as atividades da 2ª Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário se concentrarão no Espaço Cultural e começarão às 8h, com apresentação cultural. Depois, serão expostos os resultados dos grupos de trabalho reunidos no dia anterior.

O secretário Estadual do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Marenilson Batista, ressaltou que o documento final da Conferência, intitulado “Desafios e Encaminhamentos para a Agropecuária e Pesca da Paraíba”, será divulgado das 11h30 às 12h. Em seguida haverá uma homenagem ao Dia do Extencionista. A conferência será encerada às 12h30.

Temáticas – Os principais debates da Conferência ocorrem na segunda-feira, das 14h às 18h, e vão abordar temas relacionados ao desenvolvimento rural a partir de eixos temáticos. Cada deabte vai gerar um documento específico, mostrando a nova realidade no setor rural e proporcionando uma avaliação das ações que foram realizadas, bem como um planejamento estratégico para o próximo ano. Os grupos de trabalho serão divididos por temas e as reuniões ocorrerão em diferentes locais.

A programação de debates nas mesas temáticas da Conferência Estadual da Agricultura começam no auditório da Sudema (Rua Monsenhor Walfredo Leal, 811, Tambiá), com a palestra “Irrigação”. Na Superintendência Regional do Trabalho (Praça Venâncio Neiva, 11, centro) a palestra será sobre “Bovinocultura”.

No auditório do Senac (Av. Dom Pedro II, 155, Centro) o debate será sobre “Caprinovinocultura”’. “Psicultura e Meliponicultura” serão os temas do debate na sede da Federação da Agricultura da Paraíba (Rua Engenheiro Leonardo Arcoverde, 320, Jaguaribe).

Os debates sobre “Atividades não agrícolas” acontecem no auditório da Cinep (Rua Feliciano Cirne, 37, Centro). No auditório da OAB (Rua Rodrigues de Aquino, 37, Centro), haverá debate sobre “Algodão”. O tema “Cana de Açúcar” será debatido no auditório da Associação dos Plantadores de Cana (Rua Rodrigues de Aquino, 267, Centro).

Outro tema de destaque é a “Horticultura”. Essa mesa temática acontece na caixa Beneficente da PM (Rua das Trincheiras, 401, Centro). Na sala rosa do Sebrae (Vv. Maranhão, Bairro dos Estados), o tema será “Floricultura”. Também no Sebrae, na sala marrom, acontece o debate sobre “Desenvolvimento Territorial”.

No auditório do Senge (Av. Monsenhor Walfredo Leal, 607, Tambiá) o debate será sobre “Assistência Técnica e Extensão Rural”. Na Emepa (Rua Eurípedes Tavares, 210, Tambiá), a mesa temática é sobre “Ciência, Tecnologia e Inovações”.

“Reforma Agrária” será o tema da mesa no auditório do Ministério Público (Rua Rodrigues de Aquino, s/n, Centro). No auditório do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Av. Dom Pedro I, 809, Centro), ocorre o debate sobre “Matriz Energética”.

Por fim, no auditório da Mútua (Av. Dom Pedro I, 827, Centro), o debate será sobre “Avicultura”.