Fale Conosco

17 de dezembro de 2014

Custo de vida aumenta 0,85% no mês de novembro em João Pessoa



O custo de vida medido pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) na cidade de João Pessoa apresentou um acréscimo nos preços médios de 0,85% no mês de novembro, segundo o Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme). Com esse resultado, o acumulado nos últimos 12 meses ficou em 8,21% e 6,39% no ano. Todos os grupos que compõem o indicador econômico apresentaram desempenhos positivos com variações entre 0,20% a 3,02%.

De acordo com a pesquisa do Ideme, o grupo Vestuário registrou o maior aumento em novembro/14, ficando em 3,02%. O desempenho foi justificado pelas elevações de preços médios nos seguintes itens: calçados (10,16%), roupa de homem (4,78%), roupa de mulher (4,68%), jóias e tecidos (1,37%) e roupa de criança (0,25%). Em seguida está o grupo Artigos de Residência, com aumento de 1,04%; Transporte, com acréscimo de 0,92%; Serviços, com 0,73%; Alimentação, com 0,69%; Habitação, com 0,52% e Saúde, com o menor percentual de aumento do mês, – 0,20%.

Levando-se em consideração apenas os reajustes individuais, os produtos cujos preços mais aumentaram em novembro foram: batata inglesa (37,64%), vestido (35,08%), sandália para homem (29,65%), cortinas (25,60%), sandália para criança (25,36%), sandália para mulher (24,74%), cueca (23,59%), bota para homem (20,77%), bolsa feminina (17,02%), tapetes (15,49%), feijão verde (15,31%), short e bermuda feminina (14,49%), soutien (13,60%), short masculino (12,23%), saia (10,54%) e uva branca (10,29%).

Para conferir os detalhes da pesquisa do Ideme sobre o IPC de João Pessoa, assim como outros estudos e projetos desenvolvidos pelo instituto, basta acessar o endereço eletrônico: www.ideme.pb.gov.br

Vinculado à Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão da Paraíba (Seplag), o Ideme tem a missão de contribuir para a construção e a implementação de políticas públicas, via produção de estudos, pesquisas e projetos de natureza global e/ou setorial nas áreas socioeconômicas, focando o desenvolvimento sustentável na Paraíba e seus municípios.