Fale Conosco

8 de outubro de 2013

Custo de Vida apresentou variação de 0,53% no mês de setembro em João Pessoa



O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da cidade de João Pessoa apresentou uma variação média de 0,53% no mês de setembro, alcançado um percentual acumulado no ano de 8,33% e nos últimos doze meses de 11,69%. Segundo dados do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme), quase todos os grupos que compõem o estudo tiveram aumento, entre 0,02% e 2,63%, exceto o grupo Alimentação, que se manteve em queda pelo terceiro mês consecutivo e registrou um decréscimo de 1,38%, e o de Transporte e Comunicação, que ficou praticamente estável ao apresentar uma pequena variação negativa de 0,02%.

Dentre os itens do grupo Alimentação, os que apresentaram as maiores variações negativas nos preços médios no mês de setembro foram: hortaliças e verduras com 15,75%; os tubérculos e raízes leguminosas com 12,81%; os cereais com 3,66%; as aves e ovos com 2,26%; as bebidas não alcoólicas e infusões com 2,15%; o pescado com 1,89% e as farinhas, féculas e massas com 1,10%.

Já na relação dos itens que apresentaram os maiores aumentos no grupo estão o leite e derivados (3,39%), as carnes e peixes industrializados (2,39%), as frutas (2,18%), os óleos e gorduras (1,83%), os enlatados e conservas (1,63%) e os panificados (1,33%).

De acordo com a pesquisa do Ideme, os grupos que contribuíram para o índice positivo do custo de vida em setembro foram Serviços Pessoais (2,63%), que foi influenciado, principalmente, pela recreação (7,58%) e educação (2,20%), e os Artigos de Residência (2,61%), com o aumento dos eletrodomésticos e equipamentos (4,64%), cama, mesa e banho (4,54%), entre outros. Além desses, os grupos Saúde e Cuidados Pessoais, Vestuário e Habitação também apresentaram aumentos de 1,49%, 1,08%, 0,49%, respectivamente.

Levando-se em consideração apenas os reajustes individuais, os produtos cujos preços apresentaram variações mais significativas em setembro foram: short infantil (24,68%), conjunto infantil (18,04%), vestido infantil (17,51%), bicicleta (10,02%), passagem aérea (7,82%), soutien (6,50%), saia (6,09%), despesas com hospital (5,64%), creme para cabelo (5,47%), short/ bermuda feminina (4,52%), brinquedos (4,37%), chuchu (-24,96%), batata inglesa (-23,91%), alface (-19,89%), cebola (-19,44%), cenoura (-18,80%), coentro (-16,02%), repolho (-15,44%), feijão macassar (-13,14%), beterraba (-11,20%), feijão mulatinho (-11,12%) e camisa infantil (-10,72%).