Fale Conosco

11 de maio de 2009

Curso é pioneiro na história da extensão rural da Paraíba



A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB) iniciou na tarde desta segunda-feira (11), no Instituto Educacional de Ensino Superior da Paraíba (Iesp), um curso de capacitação em administração pública para 30 servidores de nível médio e superior, aprovados no último concurso promovido pela empresa.
          
Com uma carga horária de 180 horas/aula, o curso, que se estenderá até o dia 10 de junho, é uma parceria do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Governo da Paraíba, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap). O objetivo é oferecer aos participantes uma visão de administração pública moderna, dentro de um padrão de excelência, efetividade e aperfeiçoamento profissional.

Todo o processo de capacitação inicial dos servidores está sendo coordenado pelo Formater da empresa, núcleo de formação de agentes de Ater. Para o presidente da Emater, Hermano Araújo, esse curso envolvendo advogados, técnicos em contabilidade e informática, é pioneiro na história da extensão rural da Paraíba. “A Emater-PB sai na frente na política de valorização dos servidores administrativos, qualificando-os para exercer atividades em benefício dos agricultores familiares”, disse.

A atividade será ministrada por técnicos da Emater e professores de Iesp. Constam da programação aulas sobre a estrutura organizacional da Emater e Pnater, Gestão Pública, Gestão de Pessoas e Meio Ambiente, Contabilidade Pública, Informática, Gerência de Projetos, Direito Administrativo, Contratos e Convênios, Licitações, Gestão de Custos, Prática de Redação Oficial e Relatórios Técnicos e Direito do Trabalho.  O encerramento, previsto para o dia 10 de junho, contará com a participação do Sindicato dos Trabalhadores da Extensão Rural da Paraíba (Sinter-PB), que fará uma demonstração do papel da entidade nas políticas trabalhistas da empresa.

Participaram da solenidade, além do presidente da instituição, Hermano Araújo, o diretor administrativo, José Marinho de Lima; o delegado federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Marenilson Batista; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Extensão Rural da Paraíba, José Gilson Alves, e o técnico Dario Nunes, representando o Sindicato dos Engenheiros Agrônomos, Veterinários e Zootecnistas do Estado da Paraíba (Sinavez).