João Pessoa
Feed de Notícias

Curso de Mineração apresenta ações desenvolvidas em 2014

domingo, 16 de novembro de 2014 - 11:13 - Fotos:  Secom/PB

Estudantes do Curso de Mineração da Escola Padre Jerônimo Lauwen, em Santa Luzia, participaram neste ano de uma série de atividades teóricas e práticas aplicadas pelo corpo de professores com o intuito de melhorar a qualidade do ensino e aprendizagem profissionalizante na instituição.

Sob a coordenação do professor Aderivaldo Nóbrega, o curso passou a contar com a colaboração do Departamento de Engenharia de Minas da Universidade Federal de Campina Grande, que disponibilizou a Mina Escola do município para que os cerca de cem alunos pudessem participar das aulas práticas. “O resultado foi a confecção de maquetes feitas por eles e apresentadas na Feira de Ciência do Instituto Federal da Paraíba, no campus Picuí, as quais já estão sendo usadas para dinamizar as aulas”.

O objetivo do trabalho foi mostrar como ocorre a extração e o beneficiamento dos minerais até sua comercialização. “A partir da montagem da maquete, a turma teve mais facilidade para entender como ocorre a extração e o beneficiamento dos minerais partindo do estudo de que consiste o tratamento de minérios, de que é formada uma unidade de beneficiamento e quais as principais especificidades para ser considerada uma unidade, mesmo que rústica”, acrescentou o professor Antônio de Pádua Sobrinho.

Mais recente, os estudantes de mineração também fizeram o curso de produção e utilização de tijolo solo-cimento ministrado pelo professor Moab Lima. Os tijolos de solo-cimento são produzidos em prensas, dispensando a queima em fornos. Eles só precisam ser umedecidos para que se tornem resistentes. A vantagem do tijolo ecológico é seu modo de construir mais barato, rápido, limpo e ecológico, além de serem produzidos sem corte de árvores e sem emissão de co².

“No curso, os alunos obtiveram informações sobre a produção e utilização do tijolo, conheceram os princípios e normas técnicas, como também conheceram os componentes, os instrumentos, as ferramentas e as máquinas utilizadas na sua produção. Eles finalizaram o curso com a construção de tijolos feitos por eles e também aplicaram o teste de qualidade”, disse o professor Pádua.