João Pessoa
Feed de Notícias

Cultura do algodão agroecológico é tema de seminário em Remígio

quinta-feira, 24 de novembro de 2011 - 19:40 - Fotos:  Vanivaldo Ferreira/Secom-PB

Evento tem como finalidade resgatar valores da agricultura familiar.Foto: Vanivaldo Ferreira/Secom-PB

Nesta sexta-feira (25), acontece um dia de campo no Assentamento Queimadas, em Remígio, a 130 km da Capital. No local, será discutida a cultura do algodão agroecológico, dentro da III Festa da Colheita do Algodão Agroecológico, que começou nesta quinta-feira (24) e vai até domingo (27), reunindo pesquisadores, agricultores familiares, estudantes, extensionistas e empresários, visando discutir o fortalecimento dessa cultura na Paraíba.

O trabalho que a Emater e outras parceiras vem realizando em favor da cultura do algodão agroecológico está despertando o interesse dos agricultores paraibanos e tem chamado a atenção de outros Estados. A presidente da Coopnatural, Maysa Gadelha, garantiu que o mercado está aberto para adquirir a produção e destacou o trabalho de assistência da extensão rural da Emater no sentido de consolidar essa atividade.

O evento, que tem como objetivo resgatar e enaltecer os valores da agricultura familiar, é um momento de confraternização entre os agricultores familiares, com exposição sobre a diversidade da produção agrícola e cultural, realização de seminários, concurso de cordel, minicursos, desfile de moda e apresentações artísticas, além do dia de campo. A festa é uma promoção da ONG Arribaçã e Embrapa Algodão, em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca e da Emater.

Programação – A III Festa da Colheita do Algodão Agroecológico começou na manhã da quinta-feira, com um seminário sobre a Rede de Algodão Agroecológico do Semiárido, no Centro Paroquial João XXIII. Para esta sexta-feira (25), está programado dia de campo no Assentamento Queimadas, das 8h às 12h; no mesmo horário, no auditório da Lagoa do Parque, acontece o encontro sobre assessoria técnica da agricultura familiar na Assistência Técnica Rural. Durante a tarde, ocorrerá uma plenária de projetos territoriais do Programa Brasil Sem Miséria e o seminário da Rede de Algodão Agroecológico.

Para sábado (26), a programação consta de minicursos, seminários, palestras sobre o Empreender Paraíba e empreendorismo individual e apresentações culturais. No domingo (27), haverá apresentações culturais e encontro de repentistas, na feira livre.

Serão ministrados minicursos abordando os seguintes temas: “História do Algodão Agroecológico – de Remígio para o mundo”; “Mercados para o Algodão Orgânicos/Agroecológico”; “Artesanato com Algodão Colorido”; “Moda Sustentável: Processos criativos do desenvolvimento de coleções”; “Certificação de Algodão Orgânico”; “Manejo de Pragas e Doenças do Algodão Agroecológico”; “Uma nova assistência técnica em extensão rural no campo de algodão agroecológico”; “Redes sociais, mobilizando na busca da sustentabilidade”; e “Webdesigner, construindo espaços de cidadania”.