João Pessoa
Feed de Notícias

Culto ecumênico encerra programação de fim de ano da Seap

sábado, 29 de dezembro de 2012 - 13:19 - Fotos: 

Um momento abençoado e de reflexão. Essas são as avaliações do culto ecumênico realizado na Penitenciária de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão, no bairro de Mangabeira na Capital. A celebração foi comandada pelo pastor presidente da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, Estevam Fernandes, e pelo Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, na tarde da sexta-feira (28).

Antes do ato ecumênico, os presentes assistiram a apresentação do “Coral Luz”, composto por internas do presídio. O momento foi de muita emoção, várias detentas que estavam na plateia choraram com os cânticos de louvor apresentados pelo grupo. “Mais uma vez, temos a oportunidade de nos apresentar para nossas companheiras de detenção, desta vez, com uma responsabilidade maior com a presença das autoridades religiosas e também dos diretores da Secretaria que estão aqui, neste dia especial”, disse a líder do coral, Márcia Félix.

Emocionada, a apenada Maria Aparecida destacou a importância de momentos como este, vivido na unidade. “Eu me converti aqui dentro, não tinha tanta aproximação com Deus e muito menos com qualquer religião, eu choro porque é lindo ver nossas colegas vencendo e mudando de vida, mesmo antes de sair daqui. Eu quero essa mudança e vou conseguir dar a volta por cima, basta ter fé e eu tenho”, revelou.

Em seguida, foi a vez da diretora da unidade, Cinthya Almeida, apresentar o trabalho feito pelas detentas na confecção de bonecas de pano. Na oportunidade, as artesãs presentearam algumas das autoridades que estavam no local. O pastor Estevam recebeu a boneca chamada de “Vitória”, em seguida, Dom Aldo foi presenteado com a boneca “Esperança”, depois, o secretário de Estado da Administração Penitenciária, Washington França, foi agraciado com a boneca “Liberdade”, a boneca “Felicidade” foi entregue à gerente de Ressocialização da Seap, Ziza Maia. “Prosperidade” foi dada ao gerente executivo do Sistema Penitenciário, tenente coronel Arnaldo Sobrinho, por fim, o ouvidor da Seap, Iran Alves Soares, ficou com a boneca “Paz e Amor”.

As bonecas são confeccionadas por cerca de dez apenadas, que expõem e vendem as peças para adquirir material para criação de novas unidades.

O pastor Estevam falou sobre a importância da liberdade. Segundo ele, essa condição não se limita a muros e grades. “A liberdade deve ser adquirida primeiro dentro de si para, a partir daí, quebrar as próprias algemas”. Por fim, ele abençoou a todos e desejou um novo ano de muita paz e harmonia.

Em seguida foi a vez de Dom Aldo proferir suas palavras, ele reforçou o discurso do pastor Estevam e falou da fé e esperança por dias melhores. Dom Aldo disse que cada ser humano é responsável pelas mudanças internas e externas, durante toda a vida e que o trabalho e a educação são os caminhos para que todos reconstruam suas trajetórias. Ele também abençoou todos os presentes desejando um 2013 de mudanças positivas.

A mensagem final foi uma das mais emocionantes. A integrante do coral, Márcia Félix, agradeceu a oportunidade de cantar e também falou das mudanças que cada interna vem passando para crescer espiritualmente. Ela encerrou o culto com mais uma canção louvor e foi aplaudida de pé.

A gerente de ressocialização da Seap, Ziza Maia, destacou o trabalho desenvolvido nas unidades penais do Estado. “Essa tarde coroou todo o trabalho realizado durante o ano de 2012. Foram mais de 600 detentos concluindo cursos profissionalizantes, outros na sala de aula, número recorde de participantes no Enem e atendimentos médicos mais frequentes de canto a canto do Estado. Esse momento positivo vai continuar em 2013 com novas parcerias e o apoio total do Governo do Estado”, finalizou Ziza.

Para Cinthya Almeida, que acompanha o dia a dia do presídio, as apresentações não foram surpresa. A diretora lembrou que tudo começou com um incentivo e a vontade de cada detenta de exercer alguma atividade. “O que fazemos aqui é deixar que aflorem as qualidades de cada uma, que gosta e quer trabalhar com música, artesanato, cordel e diversas outras atividades pode e deve exercê-las. É uma satisfação contribuir para a nova vida destas pessoas”, reforça.

O secretário Washington França falou do evento e dos projetos para o próximo ano. “Tivemos a satisfação de receber as bênçãos das autoridades religiosas. Em 2013, continuaremos com o cronograma seguido pelas diversas gerências da Seap, que fizeram de 2012 um ano positivo para o sistema”, avaliou.