João Pessoa
Feed de Notícias

Cultivo de maracujá agroecológico se expande no Semiárido paraibano

sexta-feira, 21 de setembro de 2012 - 10:17 - Fotos:  Secom-PB

Apesar das condições climáticas desfavoráveis, o cultivo do maracujá vem despertando interesse de agricultores familiares da região do Sertão atraídos, principalmente, pela boa perspectiva econômica que a cultura oferece.

O agricultor Cícero Mariano dos Santos, da comunidade Urtiga, no município de Santa Teresinha, comemora os primeiros resultados da produção de maracujá. A colheita começou no mês de maio e está garantindo, semanalmente, a retirada de caixas do produto, que são vendidas na feira da agricultura familiar.  O preço varia entre R$ 30, 00, no atacado e R$ 40, 00, no varejo. A unidade sai por R$ 0,50. Paralelamente, ele vende outros produtos da propriedade como, mamão, jerimum, quiabo, batata doce e ovos de galinha caipira.

O trabalho acontece em uma pequena área irrigada por gotejamento, denominada Unidade Técnica de Demonstração (UTD) abrigando200 pés, em plena produção.

De acordo com o extensionista Marconi Palmeira, que presta assessoramento do preparo do solo até a comercialização, todo o processo de produção é feito dentro dos princípios da sustentabilidade, ou seja, à base de adubos orgânicos. Ele enfatiza que o sucesso está chamando a atenção de produtores vizinhos e de outras comunidades, interessados em obter informações sobre o maracujazeiro.

Visita Técnica – Técnicos da Emater de Santa Terezinha promoveram recentemente uma visita à comunidade Urtiga para demonstrar práticas de aproveitamento do maracujá na alimentação da família do agricultor Cícero Mariano.

Enquanto as extensionistas, Maria Stela e Socorro Cruz, ensinavam receitas de bolo, pavê, sucos, provenientes da fruta, os engenheiros agrônomos da Emater e Secretaria da Agricultura local, Marconi Palmeira e Francisco Soares (Chico Velho) explicavam aos produtores presentes todo o processo de plantio do maracujazeiro, bem como e as orientações técnicas quanto ao combate de pragas e doenças. Ao final, foi servido um lanche à base de maracujá.

O maracujá é uma planta originária da América tropical e apresenta três cultivares de grande importância econômica: O amarelo ou azedo, o roxo e o doce. Atualmente, os municípios de Araruna, Nova Floresta, Cacimba de Dentro e Alhandra são os maiores produtores da cultura do maracujá.