João Pessoa
Feed de Notícias

Criadores comemoram em Jornada de Inclusão Produtiva conquista de selo de área livre da aftosa

sexta-feira, 6 de junho de 2014 - 10:30 - Fotos: 

Os criadores dos municípios integrantes da região de Pombal – uma das áreas com grande potencial em pecuária, com um rebanho estimado em 22 mil cabeças – estão comemorando a conquista do selo de certificação de área livre de febra aftosa concedido pela Organização Internacional de Saúde Animal (OIE), composta por 179 países e com sede em Paris.

A conquista foi compartilhada com a diretoria da Emater Paraíba durante a realização da terceira Jornada de Inclusão Produtiva de Pombal, na quinta-feira (5).

Na ocasião, o presidente da Emater Paraíba, Geovanni Medeiros, agradeceu o esforço dos 300 extensionistas das 15 regionais da empresa que se empenharam no cadastro de criadores, das propriedades e do rebanho bovino paraibano que se encontrava desatualizado e na orientação para a vacinação assistida durante as campanhas. “Foram mais de 12 anos de luta para que a Paraíba se tornasse livre da febre aftosa e isso foi possível graças à união dos órgãos ligados ao setor agropecuário”, disse.

Exposição – Uma exposição com plantas medicinais diversas marcou as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado na quinta-feira. A iniciativa foi do técnico Inácio Marinho das Chagas, da Emater de Pombal. No evento também houve distribuição de mudas de árvores frutíferas e ornamentais e a exposição em aquário das espécies tambaqui, tilápia e carpa, cedidas pela Empasa e comumente usadas nos projetos de peixamento de açudes.

O agricultor José Pereira da Silva, da Comunidade Jacu, em Cajazeirinhas, destacou o trabalho do extensionista Zildo Vicente Leite, que o orienta na condução de suas atividades: “Eu cultivo folhagem (cebolinha, couve, alface), tomate, pimentão, beringela, jerimum, melancia e frutas diversas, tudo em sistema de transição agroecológica e sistema com telas de sombreamento”, disse.

José Pereira lembra que nos Anos 80 produzia algodão, considerado o carro-chefe da agricultura, mas o aparecimento da praga do bicudo inviabilizou essa atividade: “Há cinco anos, com o assessoramento da Emater, começamos nova atividade. Em 2012, com empréstimo de R$ 10.800,00 junto ao Pronaf Estiagem, fizemos melhoria na propriedade com a construção de um poço amazonas e aquisição de matrizes ovinas para corte”, conta. Atualmente, ele está comercializando seus produtos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e já está se cadastrando para fornecer ao Programa de Aquisição de Alimento (PAA). Sua renda semanal é de R$ 350,00.

Igualmente, o agricultor familiar Francisco Esmael, do Sítio Vinha, em Cajazeirinhas, com 60 anos de idade, que começou aos cinco anos trabalhando com seus pais na lavoura, destacou o assessoramento dos técnicos da Emater. “Tenho uma atividade agrícola diversificada e de qualidade. Na minha casa, os únicos produtos que não são provenientes do meu roçado são o café, o sabão e o açúcar”, disse.

Para o secretário da agricultura do município de São Betinho, Manuel Costa, é de grande importância o papel da Emater Paraíba em possibilitar aos agricultores o acesso às tecnologias e ao conhecimento em todos os aspectos da sua atividade, o que permite o fortalecimento da agricultura familiar: “Sem a presença da extensão rural o agricultor ficaria desprotegido, sem conhecimento e sem projetos, enfim, totalmente desassistido”, afirmou.

O casal de agricultores Jerônimo Santana e Matilde Maria Pereira, do Sítio Riacho dos Currais, também de São Bentinho, expôs e comercializou produtos da agricultura familiar, também fornecidos para o PAA e PNAE. Entre os produtos estavam polpa de frutas, mel, queijo, castanha, sorvetes variados, biscoitos e abóboras.

O secretário da Agricultura Familiar, José Gonçalves, que representou o Governo do Estado no evento, disse que a determinação da gestão é dar melhores condições de trabalho para que os extensionistas possam prestar uma assistência técnica de qualidade sobretudo ao setor de agricultura familiar e assentados da reforma agrária. “A determinação do Governo do Estado é atender bem a população paraibana”, afirmou.

Reunião – Ao final da Jornada, o presidente da Emater Paraíba, Geovanni Medeiros, e o secretário da Agricultura Familiar, José Gonçalves, se reuniram com os criadores produtores de leite da região para discutir questões inerentes à operacionalização do Programa Leite da Paraíba. Entre os produtores estavam Edno Dantas, Erivan Figueiredo, Juvêncio Antônio de Sousa, Francinar Fragoso e George Felipe Paixão.

Serviços – Durante a Jornada foram realizadas duas oficinas com demonstração de fenação e confecção de blocos multinutricionais para alimentação do gado. Também houve distribuição de 100 mil alevinos disponibilizados pela Empasa, de sementes de sorgo e milho, preenchimento de DAP e cadastros para os Programas Tarifa Verde, Leite da Paraíba, Pronaf e Crédito Fundiário, além da feira da agricultura familiar que reuniu produtores dos municípios integrantes da regional de Pombal.