João Pessoa
Feed de Notícias

Cresce em 5 toneladas volume comercializado na Empasa no semestre

sexta-feira, 9 de setembro de 2011 - 11:38 - Fotos:  Secom-PB

A Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa) divulgou balanço estatístico com um aumento em mais de cinco toneladas no volume comercializado na Central de Abastecimento de João Pessoa no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. O volume chegou a 51.270,1 toneladas, sendo que em 2010 alcançou 46.794,7 toneladas.

Desse montante, a oferta conjunta das principais frutas e hortaliças chegou a representar mais de 80% do total comercializado, estando entre os destaques a laranja pêra, banana pacovan, banana prata, melancia, abacaxi, mamão haway, e maçã nacional. Já entre as hortaliças destacaram-se o tomate, batatinha, cebola pêra, cenoura, batata doce e inhame da costa.

Entre as cinco regiões brasileiras, o Nordeste ficou como a maior supridora dos gêneros alimentícios detendo quase 90% das frutas e hortaliças, tendo à frente os Estados de Pernambuco, Bahia, Sergipe e Rio Grande do Norte, além da própria Paraíba que é forte produtor agrícola, participando com mais de 30% das ofertas. As regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e Norte ficam com a demanda restante.

O diretor presidente da Empasa, José Tavares, explica que a empresa abriu e ampliou espaços para a comercialização dos produtos da agricultura familiar, com isso houve um natural incremento no volume de comercialização.

“No mês de junho abrimos os portões para comercialização do milho verde, o que também contribuiu para esse incremento na comercialização. Realizamos a 3ª Feira de Flores da Paraíba, onde o fluxo de pessoal foi ótimo, e contribuiu também para o aumento na comercialização. Por fim regularizamos todos os contratos de permissão de uso remunerado e em conseqüência houve um aumento na arrecadação uma vez que foi ajustado o valor de tarifa de portaria que era de R$ 6 passando para R$ 7”, relata o presidente.

Segundo ele, a regularização dos contratos teve objetivo de alinhar ou igualar os preços cobrados por metro quadrado, onde alguns pagavam R$ 1,74 e outros pagavam R$ 6,20. “Cancelamos os contratos administrativamente e refizemos com a nova tarifa por metro quadrado em R$ 6,20. O próximo reajuste acordado entre os permissionários ficou para o inicio de janeiro de 2012”, explica Tavares.

Patos – No mesmo período desse ano, a Central de Abastecimento de Patos, ligada à Empasa, comercializou 19.570,1 toneladas, movimentando financeiramente mais R$ 20 milhões. Na cidade sertaneja a Paraíba lidera com 47,07% o fornecimento das principais frutas e hortaliças comercializadas no entreposto, seguida pelos estados de Pernambuco, Bahia, Rio Grande do Norte e Sergipe.