João Pessoa
Feed de Notícias

Cozinha comunitária e beneficiamento de polpa de frutas aquecem produção agrícola em Poço Dantas

quinta-feira, 25 de maio de 2017 - 10:15 - Fotos:  Secom-PB

A cozinha comunitária e a unidade de beneficiamento de polpa de frutas existentes no município de Poço Dantas, instalados pelo Governo do Estado com o assessoramento da Emater (empresa integrante da Gestão Unificada), despertaram interesse da administração municipal de Poço de José de Moura, no Sertão, a qual na semana passada enviou uma comitiva para conhecer as instalações, os equipamentos e seu funcionamento, com a finalidade de posteriormente implantar projeto semelhante.

O técnico da Emater de Poço de José de Moura, extensionista Paulo Lobo, com acompanhamento do secretário municipal da Agricultura, Janio Francisco e da presidente da Associação Comunitária do Sítio Silva, Ana Fábia, foram recebidos pelo gerente da Unidade Operativa da Emater de Poço Dantas, Itamar Moreira e o secretário da Agricultura Cesar Cezário que fizeram uma explanação sobre a instalação e funcionamento dos dois projetos. A cozinha comunitária fica localizada na sede do município e a unidade beneficiadora de polpas de frutas, no Distrito São João Bosco.

A compra de produtos está estimulando a agricultura familiar e ajudando no aquecimento da economia local. São adquiridas frutas de vários tipos e verduras como coentro, cebolinha, alface, tomate, além de mel, bolos e outros produtos.

A cozinha comunitária é coordenada por Josefa Marta, a qual na ocasião relatou as dificuldades enfrentadas desde quando iniciou sua instalação no ano de 2005, até a consolidação do projeto. Atualmente, recebe doações da Conab por meio de programas de aquisição de alimentos da agricultura familiar, inclusive de agricultores do município de Nazarezinho. Os produtos depois de beneficiados são repassados para a prefeitura municipal que distribui com famílias como parte de um programa de ações de combate à fome de pessoas carentes e vulneráveis, com distribuição de refeições e kits de alimentos com mais 100 famílias cadastradas.

No pequeno distrito de São João Bosco, a comitiva de Poço de José de Moura foi recebida pelo presidente da Associação Comunitária, Josemar Batista. O Arranjo de Produção Local – APL tem sido fundamental na geração de emprego e renda para as famílias da comunidade. O excedente da produção de polpa é vendido nas cidades vizinhas, inclusive as do Rio Grande do Norte, através do Programa Nacional de Alimentar Escolar (Pnae).

O técnico Paulo Lobo destacou que as atividades de intercâmbio são fundamentais para se observar a realidade e o funcionamento das atividades desenvolvidas, com a troca de experiências que ajudam no crescimento e expansão das atividades agropecuárias.