Fale Conosco

21 de julho de 2009

Corporação Andina de Fomento concederá empréstimo para rodovias



O Governo da Paraíba deverá receber de empréstimo junto à Corporação Andina de Fomento (CAF), recursos da ordem de US$ 100 milhões para a restauração, pavimentação e construção de novas rodovias em todo o Estado. A contrapartida do Estado é de R$ 50 milhões, para que possa receber os US$ 100 milhões. O volume de recursos vai assegurar que a Paraíba recupere o status que tinha antes de uma das melhores malhas rodoviárias do Nordeste. O processo do empréstimo internacional está em andamento.

O governador José Maranhão, em seu programa semanal de rádio, Palavra do Governador, nesta terça-feira, destacou que o projeto na área de estradas vai beneficiar dezenas de municípios, sobretudo os de menor porte, que ainda não têm acessos pavimentados. Maranhão afirmou que o empréstimo da CAF se reveste de grande utilidade e a malha rodoviária da Paraíba está necessitando de melhorias.

Ele citou como uma das prioridades a restauração das PBs-306 e 426, com cerca de 100 quilômetros, em situação absolutamente precária. As duas rodovias interligam os municípios de Maturéia, Imaculada, Água Branca, Juru, Tavares e Princesa Isabel, no alto Sertão. “Hoje não existe mais nada de uma estrada asfaltada e é preciso reconstruí-la. Já estamos abrindo nova licitação para iniciarmos a obra que se reveste da maior urgência, declarou o governador.

Josélio Carneiro, da Secom-Pb