João Pessoa
Feed de Notícias

Corpo de Bombeiros registra 60 intervenções durante o bloco Virgens de Tambaú

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 - 11:07 - Fotos:  Secom-PB

Durante o desfile do bloco Virgens de Tambaú, na noite desse domingo (31) e madrugada desta segunda-feira (1º), as ações do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) resultaram em 60 intervenções, entre atividades preventivas e de socorro às vítimas. Do total de ocorrências atendidas pelo efetivo composto por mais de 120 militares, 37 das intervenções foram atendimentos pré-hospitalares, em decorrência de ingestão de bebida alcoólica ou agressões físicas entre foliões.

Ainda foram repassadas 23 informações diversas e, antecipadamente, os seis trios elétricos foram vistoriados quanto à regularidade dos equipamentos de prevenção e combate a incêndio.

Conforme o comandante da operação, major Ricardo Sérgio, a maioria dos primeiros socorros se deu a pessoas que excederam na ingestão de bebida alcoólica. “Em todas as situações os sinais vitais dos cidadãos estavam preservados. Não houve feridos com gravidade e todo o serviço transcorreu dentro da normalidade”, afirmou o oficial.

Durante o evento, o subcomandante geral do CBMPB, coronel Dênis Nery, acompanhou as atividades e serviços desempenhados pela corporação.

O Posto de Comando instalado na avenida Epitácio Pessoa, em frente ao Pão do Açúcar, esteve ativo durante a passagem do bloco. Oito postos foram estrategicamente posicionados nos locais de maior número de ocorrências no corredor da folia, além do apoio das 14 viaturas empenhadas.

Bloco dos Atletas – A segurança dos foliões foi garantida através do trabalho preventivo do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB), nesse sábado (30) e madrugada de domingo (31), na passagem do Bloco dos Atletas pelas ruas da Capital. No total, foram registradas 14 informações e uma ação de atendimento pré-hospitalar (APH).

Segundo o major Bezerra, que juntamente com a capitã Shirley comandou a operação, 29 bombeiros militares participaram do esquema empregado para o  evento, atuando nas áreas de combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, além da prevenção aquática com a instalação de um posto de guarda vida na orla e com suporte de uma embarcação.

“O efetivo foi distribuído estrategicamente abrangendo todo o corredor da folia. Empregamos também militares no Centro de Comando e Controle, trabalhando em conjunto com todos os demais órgãos responsáveis pela segurança do evento”, citou o major.