Fale Conosco

30 de novembro de 2015

Corpo de Bombeiros registra 320 atendimentos na Romaria da Penha



O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) registrou 320 atendimentos durante a procissão de Nossa Senhora da Penha, que aconteceu nesse sábado (28) e domingo (29), em João Pessoa. A maioria delas foi de natureza preventiva e não houve casos de maior gravidade. No total, 143 bombeiros, apoiados por 23 viaturas, atuaram no serviço preventivo da Romaria, que se estendeu por 14 quilômetros.

Conforme o comandante da operação, tenente coronel Paiva Neto, dentre as ações preventivas se destacaram a entrega de 200 pulseiras de identificação para crianças, 30 informações prestadas ao público e cinco advertências. Em seguida, no ranking de ocorrências, estão os atendimento de primeiros socorros, com 81 registros.

Segundo o oficial, a maioria deles foi de mal súbito de pessoas que tiveram queda de pressão arterial e apresentaram desidratação. Houve também casos de pessoas que se cortaram ou torceram o pé. Na área de combate a incêndio, foram registrados quatro combates a focos no santuário da Penha, onde ocorre a tradicional queima de velas.

“Nesse local houve muitas velas queimando ao mesmo tempo e a parafina derretida começou a se concentrar no chão, inflamando e pegando fogo. Como já tínhamos uma dupla de bombeiros posicionada no local, foram feitos os combates com extintores de incêndio e os focos não se alastraram”, contou.

O plano – O esquema preventivo do Corpo de Bombeiros na Romaria da Penha contou com a distribuição de efetivo e viaturas de modalidades diversas em pontos estratégicos ao longo do percurso. Entre as guarnições empregadas estavam as de combate a incêndio, busca e salvamento, atendimento pré-hospitalar; além de duas embarcações para a prevenção a afogamento na orla da Penha.

Também foram instaladas sete tendas ao longo do percurso para atendimento da população, bem como apoio para o efetivo empregado. Foram ainda instalados dois Postos de Observação Policial, que são estruturas mais elevadas que facilitam a visualização da multidão. Neles, foram escalados bombeiros equipados com extintores de incêndios e equipamentos de primeiros socorros.