João Pessoa
Feed de Notícias

Corpo de Bombeiros orienta população sobre compra e manuseio de fogos de artifício

quarta-feira, 3 de junho de 2015 - 12:17 - Fotos:  Arquivo

Com o início do mês de junho e das comemorações do período, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) orienta a população sobre a compra e o manuseio de fogos de artifício. O objetivo é evitar incidentes como queimaduras e até mesmo incêndios, que tendem a aumentar durante as festividades.

Conforme o capitão Marcone Osório, da Diretoria de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros, o primeiro procedimento de segurança é comprar fogos apenas em barracas certificadas para venda de tal produto. Segundo ele, em João Pessoa, apenas 14 estabelecimentos, situados ao lado do Estádio ‘Almeidão’, no Cristo, estão autorizadas para realizar esse comércio.

“Os estabelecimentos certificados apresentam os sistemas de segurança de proteção contra incêndio e pânico em conformidade com a lei, além de respeitarem a carga máxima permitida de armazenamento de fogos”, contou o capitão, ao citar que esse documento deve ficar visível nos estabelecimentos para que o consumidor tenha como verificar a certificação.

A partir da semana que vem, os bombeiros vão intensificar as vistorias para garantir que as barracas continuem cumprindo as normas de segurança. “Caso o cidadão encontre algum estabelecimento em situação irregular, pedimos que denuncie por meio do 193 para que possamos efetuar a apreensão dos produtos e garantir a segurança dos consumidores”.

Com relação ao manuseio dos fogos, após a compra, o oficial recomendou que sejam lidas e seguidas todas as instruções que se encontram nos rótulos da embalagem do artefato. Ele lembrou, ainda, que as crianças só devem usar os fogos que são indicados para a idade delas, ainda assim supervisionadas por um adulto.

 

Nunca se deve também tentar reacender fogos que não explodiram, pois ele pode ser deflagrado de forma tardia e ocasionar uma queimadura.  “Jamais tentar fabricar fogos em casa nem jogar os resíduos do artefato na rua”, acrescentou. Para evitar incêndios, conforme o oficial, é preciso soltar os fogos em locais seguros, longe de postos de combustível, depósitos de produtos perigosos (do tipo tóxico, corrosivo e outros) e fiações elétricas.