João Pessoa
Feed de Notícias

Corpo de Bombeiros orienta banhistas sobre segurança nas praias

terça-feira, 22 de dezembro de 2015 - 11:43 - Fotos:  Secom-PB

Com a proximidade do feriadão referente ao Natal e posteriormente de Ano Novo, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado da Paraíba (CBMPB) reforça a segurança de turistas e paraibanos nas praias e dá orientações aos banhistas. As ações acontecem dentro da Operação Verão, que emprega 89 guarda-vidas no litoral do Estado até 14 de fevereiro.

Conforme o comandante do Batalhão de Busca e Salvamento (BBS), major Almir Peixoto, os militares ficarão a postos em trechos de grande movimentação de banhistas para dar informações e prevenir acidentes. As equipes de guarda-vidas farão rondas por terra e por mar e contarão com o apoio de ambulâncias, lanchas, barcos, botes infláveis e equipamentos de salvamento.

Além de evitar afogamentos, esse tipo de ação visa também evitar o caso de crianças perdidas, distribuindo pulseirinhas de identificação. “Devido às praias lotadas neste período, é muito comum esse tipo de ocorrência”, contou.

“Além de montar um esquema de segurança, o Corpo de Bombeiros recomenda que a população tome alguns cuidados para aproveitar com segurança as festas de fim de ano. A primeira delas é com relação ao uso das bebidas alcoólicas, já que o álcool provoca câimbras, o que impede o indivíduo de nadar e sair da água”, completou o major.

Outra orientação, segundo ele, é para as pessoas que sabem nadar e que confiam demais, arriscando-se em locais mais profundos. “Estatísticas revelam que mais da metade da incidência de afogamentos é entre banhistas que sabem nadar. Eles costumam ser surpreendidos por desníveis no fundo mar e correntezas fortes, muito disso fruto de desinformação. Por isso, recomenda-se que os banhistas procurem informações sobre o local em que vão tomar banho”.

Pontos de risco – Entre os pontos considerados de alto perigo para banhistas estão os trechos das praias da Barra de Gramame e de Jacumã.  Nesses locais há o encontro das águas de rio e do mar, o que provoca fortes correntezas. “Esses fatores tornam o mar mais agitado e aumentam o risco de afogamentos”, contou o major Almir, ao acrescentar que essas praias recebem atenção especial dos bombeiros.

Dicas Úteis

- Não nade sozinho. Se não souber nadar, use colete salva-vidas.

- Não ingira bebida alcoólica antes de entrar na água. O álcool inibe os reflexos e causa uma falsa sensação de superioridade.

- Não tome banho nem pratique atividades esportivas após lanches e refeições. Aguarde no mínimo duas horas.

- Tenha cuidado com os idosos, pois estes não possuem a agilidade de um adulto nem a mesma estabilidade nos membros inferiores.

- Se você não conhece o local, não salte de locais elevados para dentro da água. Podem existir pedras ou galhos de ponta e causar um acidente.

- Evite brincadeiras, como fingir que está se afogando. Se ocorrer um afogamento verdadeiro, as pessoas podem não dar importância, pensando que se trata de outra brincadeira.

- Não tente salvar pessoas em situação de afogamento, sem estar devidamente habilitado, porque você pode se tornar mais uma vítima. Lance objetos flutuantes, como boias, isopores, bolas ou então lance um pedaço de corda ou um galho para salvar a pessoa.

- Não superestime sua capacidade como nadador, em torno de 50% das mortes por afogamento são de pessoas que sabem nadar.

- Evite entrada brusca nas águas após longa exposição ao sol, o risco de choque térmico e desmaio são grandes.

- Nunca deixe crianças sozinhas sem a presença de um adulto responsável. Crianças que não souberem nadar devem sempre usar boias enquanto estiverem na água.

- Quando chover saia da água, pois há o risco de raios.