João Pessoa
Feed de Notícias

Corpo de Bombeiros fiscaliza estabelecimentos comerciais do Estado

quarta-feira, 20 de maio de 2015 - 16:28 - Fotos: 

Um total de 154 estabelecimentos comerciais de natureza diversa foi fiscalizado, neste mês de maio, pelo Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB). A operação ‘Contra Chamas’, realizada através da Diretoria de Atividades Técnicas (DAT), está em curso e tem o objetivo de verificar as condições de segurança contra incêndio e pânico das edificações de uso comercial localizadas no Estado.

Conforme o tenente Igor Leal, da DAT, nas primeiras vistorias já feitas foi verificada a existência e o cumprimento do Projeto de Proteção contra Incêndio, bem como a funcionalidade dos equipamentos instalados como extintores de incêndio, sistemas de hidrantes e chuveiros automáticos.  Do total de estabelecimentos fiscalizados, apenas 25 foram aprovados em todos os itens verificados e 129 foram reprovados.

Segundo o oficial da DAT, dentre as principais irregularidades encontradas pelas equipes estão problemas nos extintores de incêndio (ausentes, insuficientes, obstruídos, com sinalização inadequada ou com pressão de trabalho abaixo do limite de operação), na sinalização (ausente, insuficientes ou inadequadas) e na iluminação de emergência (ausentes, insuficientes ou inoperantes).

“Além disso, foi constatado que 95 edificações não possuíam a certificação do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba, ou seja, não passaram pelo processo de vistoria no último ano”, completou. Segundo o oficial do CBMPB, as empresas receberam um prazo para sanarem as dificuldades e posteriormente elas serão novamente visitadas pelas equipes de fiscalização.

Balanço – Só no primeiro semestre de 2014, conforme os dados da DAT, a corporação realizou mais de 5 mil vistorias comuns, que incluem as edificações comerciais diversas, desde as consideradas de baixa carga de incêndio (armarinhos, lojas de artigos de metal, louças, artigos hospitalares e outros) quanto de média e alta carga (lojas de departamento, magazines, galerias comerciais, supermercados em geral e shoppings centers).