João Pessoa
Feed de Notícias

Corpo de Bombeiros atende 250 casos durante o Carnaval no Estado

quarta-feira, 9 de março de 2011 - 17:11 - Fotos: 
O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba divulgou nesta quarta-feira (9) o resultado da Operação Carnaval com as ocorrências registradas desde sexta-feira (5). Aconteceram seis casos de afogamento, sendo que em um deles a vítima foi resgatada com vida. No total foram atendidas 253 ocorrências em todo o Estado.

Os afogamentos aconteceram na região metropolitana de João Pessoa todos no domingo (6). Uma pessoa do sexo feminino foi resgatada por volta das 8h30 na Praia do Amor e socorrida para o posto de saúde de Jacumã, no Conde.

Na Praia Formosa, em Cabedelo, um homem de 55 anos foi resgatado já sem vida. Reynaldo Dias Santos residia em Campina Grande. Por volta das 15h equipes de resgate do Corpo de Bombeiros retiraram o corpo de João Ariosvaldo de Macedo Henrique, 49 anos. Ele morava no Jardim Cidade Universitária e morreu afogado em uma barragem no bairro de Quadramares, em João Pessoa. O último caso de afogamento aconteceu no final da tarde na zona rural de Lucena.

As 253 ocorrências do período do Carnaval aconteceram em todas as regiões do Estado. Em todos os locais as equipes do Corpo de Bombeiros distribuíram panfletos de orientações para os foliões, bem como pulseirinhas de identificação para crianças. Mesmo assim ainda foram atendidos casos de 12 crianças desaparecidas.

As equipes do Corpo de Bombeiros atenderam 14 ocorrências de acidentes com motos e automóveis e quatro de vítimas de arma branca. Foram realizados 14 resgates aquáticos, uma busca de cadáver, dois casos de fogo em automóveis, em Cajazeiras e Sousa, fogo em estabelecimento em Patos, um capotamento com vítima fatal, cinco vítimas de queimaduras, três de agressões, uma de arma de fogo e dez vítimas de queda.

Além das emergências, o Corpo de Bombeiros também realizou atendimentos de urgência com a condução de três parturientes, três de pacientes diversos, um SOS, onze atendimentos pré-hospitalar, além da captura de dois animais e 95 casos clínicos.