Fale Conosco

22 de agosto de 2017

Corpo de Bombeiros adere a sistema integrado de solicitação e emissão de documentos online



O sistema do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba de solicitação e emissão de documentos para regularização de edificações estará, a partir desta quarta-feira (23), integrado à Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim– PB). A parceria com a Receita Federal foi firmada visando dar ainda mais celeridade aos processos de vistorias e emissão de certificados do CBMPB para empresas diversas.

A Redesim congrega os dados cadastrais da Receita Federal do Brasil e os diversos órgãos Estaduais e Municipais que participam do processo de abertura, alteração e baixa de empresas. Por isso, para o comandante geral do CBMPB, coronel Jair Carneiro de Barros, os empresários e a população em geral serão os maiores beneficiados com a adesão do Corpo de Bombeiros à plataforma. Atualmente, no Estado, ela contempla três órgãos estaduais e 80 municípios.

“Com esse sistema, conseguindo avançar a adesão para muito mais municípios, vamos estar com a condição também de acompanhar, enquanto instituição, a parte preventiva em todo o Estado – evitando que a ocorrência propriamente dita venha a acontecer”, comentou, ao acrescentar que o sistema vai facilitar online e de forma ampla a comunicação entre cidadãos/empresas e CBMPB.

O delegado da Receita Federal do Brasil em João Pessoa, Marialvo Laureano, parabenizou a corporação pela adesão e afirmou que o projeto Redesim é uma prioridade do órgão federal. “Queremos melhorar o ambiente de negócios no Brasil e na Paraíba. A entrada do Corpo de Bombeiros vai dar um salto de qualidade nesse ambiente, no nosso Estado”, observou.

Desenvolvimento – Após conhecer o funcionamento do sistema do Corpo de Bombeiros integrado à Redesim, o secretário de Estado da Receita, Marconi Marques Frazão, afirmou que a iniciativa dará uma agilidade maior na abertura de empresas. “E ao abrir, empresas criam empregos e o empresário passa a contribuir mais com o Estado, através do pagamento de impostos, que geram desenvolvimento”.

O diretor técnico do Sebrae-PB, Luiz Alberto, também destacou a repercussão desse processo para toda a sociedade. “Vai facilitar o surgimento de novos negócios, fazendo com que as empresas sejam competitivas naquilo que fazem e possam gerar ocupações”, pontuou.

“Tenho certeza que esse entrosamento tanto com a Receita, quanto com o Sebrae e os bombeiros, vai melhorar de forma positiva a vida das pessoas. É um passo muito bom”, acrescentou o deputado estadual Lindolfo Pires.

Encontro – A entrada oficial do Corpo de Bombeiros na Redesim foi celebrada e apresentada aos diversos órgãos incentivadores desse processo, em reunião no gabinete do Comando Geral, no Quartel central, na Capital. Na ocasião, o chefe do Núcleo Seccional de Informática (NSI) do CBMPB, o coronel Júlio Figueiredo, juntamente com programadores de empresa parceira, apresentou as funcionalidades do sistema no que tange à corporação.

“Desde o final do ano passado, quando fomos procurados pela Receita, buscamos aprimorar o sistema e deixá-lo o melhor possível para o consumidor”, garantiu. Também participaram do encontro o vice-presidente da Junta Comercial do Estado da Paraíba, Giuseppi Coutinho, a secretária geral do órgão, Fátima Ventura; o gerente de Desenvolvimento Territorial e Políticas Públicas do Sebrae-PB, Franco Cordeiro Tavares; o Diretor de Atividades Técnicas do CBMPB, coronel Souza Nóbrega, e o capitão Fragoso e o tenente Santos, também da DAT.