Fale Conosco

2 de abril de 2014

Copa Paraíba de Futebol Sub 15 edição 2014 é lançada oficialmente



Equipes de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Conde, Lucena, Cabedelo, Caaporã, Alhandra, Pedras de Fogo, Pitimbu, Cruz do Espírito Santa, Sapé e Mari estiveram reunidas nesta quarta-feira (2), no auditório da PBTur, onde participaram do lançamento oficial da edição 2014 da Copa Paraíba de Futebol Sub 15, que é organizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

A reunião foi apenas para os times das cidades que ficam próximas a João Pessoa. “O lançamento foi apenas para a região polarizada por João Pessoa, mas em algumas semanas a competição será lançada nas outras regiões do Estado”, disse o coordenador, Raimundo Braga. No encontro ficou decidido que o torneio terá início no final deste mês de abril e a expectativa por parte da organização é que mais de 200 municípios estejam representados no evento.

O secretário Tibério Limeira explicou que o lançamento serviu para apresentar dados estatísticos da competição de 2013 e as metas a serem batidas no segundo ano de realização. “Na primeira vez que o Governo realizou a Copa Paraíba disputaram 150 cidades e agora a equipe técnica da Copa já recebeu mais de 50 pedidos de inscrições de quem não participou da primeira edição. Isso mostra o quanto fez sucesso ter investido numa competição entre garotos até 15 anos”, destacou.

No ano de 2013, a competição foi disputada em 11 regiões e para essa edição de 2014 a meta é chegar nas 14. “O Governo do Estado levou para 11 regiões na primeira edição, mas para este ano, todas as 14 que compõem a Paraíba terão times na Copa. Ela será melhorada e ainda expandida com mais municípios envolvidos”, afirmou o secretário executivo de Juventude, Esporte e Lazer, José Marco.

Para o professor Messias, responsável pela equipe de Mari, nunca houve um investimento direcionado para esse tipo de faixa etária. “Foi um marco para o esporte essa Copa Paraíba do Governo do Estado, pois envolvem, além dos atletas, os familiares, técnicos e árbitros, o que gera uma tremenda satisfação de quem participa. Até então, nunca tinha havido uma competição dessa magnitude para atletas até 15 anos”, concluiu.