Fale Conosco

14 de novembro de 2015

Coordenador do IGF 2015 acredita que ONU mantém Fórum em novo ciclo de dez anos



O coordenador da 10ª edição do Fórum de Governança da Internet e secretário executivo do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGIbr), Hartmut Richard Glaser, avaliou o evento realizado no Centro de Convenções de João Pessoa. Glaser coordenou o trabalho de mais de 700 pessoas, incluindo voluntários que atuaram no encontro encerrado nessa sexta-feira (13).

“O Fórum foi muito bem recebido pelo Governo do Estado, pela cidade. Na parte de organização foi um sucesso total. No que diz respeito aos resultados, discutimos uma série de propostas, mas nosso maior desejo é que o evento, que é o último de uma série de dez aprovados pela ONU, impacte de tal forma na assembleia geral da Organização, que está reunida e vai tomar uma decisão em dezembro, seja renovado por mais dez anos”, adiantou.  A decisão deve ser anunciada no próximo mês, em Nova Iorque.

Hartmut Richard Glaser explicou que o Fórum não decide, não é um órgão que aprova um documento final, mas discute, elabora propostas. “Então nós queremos manter esse diálogo porque não adianta querer votar coisas absurdas se não há uma base comum, então essa forma de interagir é um processo democrático ouvindo a sociedade. É esse o espírito do Fórum”, pontuou.

Glaser destacou que o desafio de conectar os outros 3 bilhões de pessoas à internet foi uma das propostas discutidas e um sistema inédito foi instalado em tendas durante o evento. O sistema chamado O3b (os três bilhões que faltam ter acesso à internet), ficará no Brasil, vai percorrer regiões remotas para conectar populações, inclusive levando telefonia celular, e deve ocorrer por intermédio de convênios firmados entre o Governo Federal e governos estaduais.